Sábado, 25 de Maio de 2019
Craque

Repleta de inovações, tocha Olímpica Rio 2016 percorrerá 83 cidades brasileiras

Símbolo das Olimpíadas, tocha será carregada por 12 mil pessoas por todo o País. Confeccionada em alumínio reciclado, objeto tem as cores do Brasil



1.jpg
Comitê da Rio 2016 apresenta tocha Olímpica.
03/07/2015 às 15:53

Movimento, inovação, brasilidade: estas três palavras resumem a tocha Olímpica Rio 2016, apresentada na manhã desta sexta-feira (3) no Auditório da Fundação Habitacional do Exército, em Brasília. Movimento em seu design curvilíneo e suave; inovação no seu mecanismo de acendimento da chama, jamais presente em tochas Olímpicas; brasilidade em suas cores e ícones, que remetem às belezas naturais do país-sede dos primeiros Jogos Olímpicos da América do Sul.  

O evento de lançamento da tocha – que contou com a presença da presidente da República, Dilma Rousseff, e do presidente do Comitê Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, além de personalidades do esporte nacional, como os medalhistas Olímpicos Torben Grael, Isabel Swan (ambos da vela), Leila e Paulão (os dois do voleibol) – também apresentou as 83 cidades brasileiras confirmadas para o revezamento (veja a lista completa abaixo).

Essas cidades, incluindo as 26 capitais estaduais e Brasília, serão o destino da tocha ao fim de cada dia de revezamento – ou seja, onde ela irá “dormir” –, com exceção de quando houver paradas técnicas ou momentos especiais de passagem da tocha. Manaus está no revezamento.


“Queremos mostrar ao mundo a química que, acreditamos, vai nascer do encontro da chama Olímpica com o calor humano brasileiro. Seria impossível montar tal logística sem a colaboração dos governos e seus serviços públicos, como segurança, controle de tráfego e ordem pública, entre outros”, afirmou Nuzman.

Revezamento

Além do carregador, o revezamento envolve todo um comboio de veículos, que deve passar por cerca de 500 cidades: 300 receberão o revezamento propriamente dito e outras 200 assistirão à passagem do comboio com a chama exposta. A lista completa do trajeto será divulgada no início de 2016. 


A jornada começa em maio de 2016 e irá durar entre 90 e 100 dias. Serão 12 mil condutores, cada um percorrendo cerca de 200 metros com sua tocha (o que é passado de uma para outra é a chama Olímpica). Serão 20 mil quilômetros por estradas e ruas brasileiras e mais 10 mil milhas aéreas em trechos das Regiões Norte e Centro-Oeste, entre Teresina e Campo Grande – sem que o fogo se apague.

Veja lista das 83 cidades que receberão a chama Olímpica a cada dia do revezamento:

1 - Brasília

2 - Anápolis

3 - Goiânia

4 - Caldas Novas

5 - Uberlândia

6 - Patos de Minas

7 - Montes Claros

8 - Curvelo

9 - Governador Valadares

10 - Itabira

11 - Belo Horizonte

12 - Juiz de Fora

13 - Cachoeiro de Itapemirim

14 - Vitória

15 - São Mateus

16 - Porto Seguro

17 - Vitória da Conquista

18 - Ilhéus

19 - Valença

20 - Salvador

21 - Senhor do Bonfim

22 - Petrolina

23 - Paulo Afonso

24 - Aracaju

25 - Maceió

26 - Caruaru

27 - Recife

28 - Campina Grande

29 - João Pessoa

30 - Natal

31 - Mossoró

32 - Fortaleza

33 - Sobral

34 - Parnaíba

35 - Teresina

36 - Imperatriz

37 - Palmas

38 - São Luís

39 - Belém

40 - Macapá

41 - Santarém

42 - Boa Vista

43 - Manaus

44 - Rio Branco

45 - Porto Velho

46 - Cuiabá

47 - Campo Grande

48 - Dourados

49 - Presidente Prudente

50 - Londrina

51 - Cascavel

52 - Foz do Iguaçu 

53 - Pato Branco

54 - Passo Fundo

55 - Santa Maria

56 - Pelotas

57 - Porto Alegre

58 - Caxias do Sul

59 - Criciúma

60 - Florianópolis

61 - Blumenau

62 - Joinville

63 - Curitiba

64 - Ponta Grossa

65 - Itapetininga

66 - Bauru

67 - Ribeirão Preto

68 - Franca

69 - Campinas

70 - Osasco

71 - São Bernado

72 - São Paulo

73 - Santos

74 - São José dos Campos

75 - Angra dos Reis

76 - Volta Redonda

77 - Petrópolis

78 - Nova Friburgo

79 - Macaé

80 - Cabo Frio

81 - Niterói

82 - Nova Iguaçu

83 - Rio de Janeiro


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.