Publicidade
Esportes
O canto do galo

Rio Negro, de Alan Bahia, tenta engatar a 2ª contra o Princesa do Solimões

Volante estreou no Galo contra o Naça Borbense e marcou até gol, agora quer manter a pegada contra o Tubarão neste sábado (10) 09/09/2016 às 20:19
Show alan
Aos cuidados do fisioterapeuta Peninha, Alan Bahia tenta ajudar o Galo a cantar forte contra o Princesa (Foto: Antônio Lima)
Denir Simplício Manaus (AM)

Nada melhor do que uma vitória e de goleada para levantar o astral de uma equipe que vive rodeada de problemas. Melhor ainda é vencer a segunda partida seguida no campeonato e essa é a intenção do Rio Negro. O Galo da Praça da Saudade quer cantar alto na manhã deste sábado (10), no estádio Roberto Simonsen, o Clube do Trabalhador do Sesi, na Zona Leste da cidade, quando encara o Princesa do Solimões, pela quarta rodada do Barezão 2016.

Autor de um dos gols no massacre sobre o Naça Borbense, o volante Alan Bahia estreou com o pé direito no Galo e quer manter o ritmo contra o Princesa do Solimões. Apesar de concordar com o horário da partida, que tem início previsto para às 11h, o defensor comentou que o Rio Negro está pronto pro jogo.

"Joguei apenas uma vez nesse horário e é meio cruel pra um atleta de futebol", disse o volante, que atuou pelo Paulista de Jundiaí no mesmo horário no primeiro semestre desse ano. "Sabemos da importância dessa partida. Jogo em que nós necessitamos do resultado e vamos procurar focar e conseguir o resultado positivo", completou.

Ainda se adaptando ao clima amazônico, o baiano de Itabuna disse que o trabalho feito pelo preparador físico Pedro Peres já vem dando resultados. "O clima é quente, mas a gente vai se adaptando aos poucos. A gente tá fazendo um trabalho muito bom com o Pedro (Peres) e isso ajuda bastante para que a gente cheue no jogo e possa dar o nosso melhor em campo", explicou.

Na cartilha do Lana

Com mais de uma década vestindo a camisa do Atlético-PR, Alan Bahia ainda passou por Japão e Qatar, além de Goiás, América-RN e Mamoré, clube de Minas Gerais, terra de Aderbal Lana. O volante falou sobre o comando do experiente treinador mineiro.

"O Lana é um treinador que tem muita experiência no futebol e a gente procura estar obedecendo bastante ele nA parte tática que ele pede nosso grupo. E graças a Deus a gente está conseguindo o resultado e no jogo contra o Princesa fazer o que ele pediu pra que n´so possams sair com a segunda vitória n campeonato", pontuou o volante.

Rio Negro e Princesa do Solimões entram em campo às 11h deste sábado (10), no estádio do Sesi, em uma briga direta entre o terceiro e quarto colocados na tábua de classificação do Campeonato Amazonense. Líder da competição, o Nacional folga nesta rodada e tanto Galo como Tubarão tentam encostar na ponta da tabela.   

Publicidade
Publicidade