Publicidade
Esportes
CAMPEONATO AMAZONENSE

Rio Negro domina São Raimundo e vence por 2 a 0 na estreia do Barezão

Rio Negro domingou a partida, mas só conseguiu abrir o placar no segundo tempo. Leonardo e Charles marcaram os gols 18/03/2017 às 17:47 - Atualizado em 18/03/2017 às 17:49
Valter Cardoso Manaus (AM)

Cenário diferente dos anos anteriores: Festa da torcida rio negrina ao fim da primeira partida do Campeonato Amazonense. Ao fim dos 90 minutos, O Galo da Praça da Saudade venceu o Tufão da Colina por 2 a 0.

Em um jogo aberto e cheio de chances de gol, o Rio Negro confirmou o favoritismo e, no segundo tempo, sobrou na partida. Leonardo e Charles marcaram para o time.

Com a vitória, o time ultrapassa o Fast na primeira posição do Barezão 2017 no critério de saldo de gols.

O jogo

Aos 22 o São Raimundo criou o primeiro lance de perigo ao acertar a trave do goleiro Jairo.

Um minutos depois, o Rio Negro reagiu e em rápida descida ao ataque Delciney quase deixa Leonardo livre na frente do gol, mas não conseguiu o domínio da bola.

A partir daí, o jogo passou a ficar equilibrado e animado. Aos 30, Leonardo perdeu grande chance após finalizar bola de dentro da grande área. O goleiro Mazon mostrou reflexo e defendeu a batida.

No fim da primeira etapa o São Raimundo passou a abusar das faltas na entrada da área e o Rio Negro levou muito perigo, mas não conseguiu abrir o placar.

Segundo tempo

No segundo tempo o jogo continuou aberto, o Rio Negro demorou apenas 5 minutos para criar o primeiro lance de perigo. Após bom cruzamento, Marcelo cabeceou com perigo e a bola passou rente ao gol de Mazon.

Aos 10, outra chance: Rafael Paulista invadiu e bateu para boa defesa do goleiro do Tufão.

Conforme o tempo passava a parte física começava a pesar para o São Raimundo e o Rio Negro passou a dominar a partida.

Aos 17, a pressão deu resultado. Após belo cruzamento de Marcelo, Leonardo cabeceou para o fundo das redes e abriu o placar.

O gol animou o Galo que quase amplia com Marcelo, aos 20, mas o chute foi para fora.

Com mais espaço, Wagner Diniz passou a apoiar mais e virou o principal atalho para o ataque do Galo.

Aos 38, o Galo conseguiu ampliar o placar com um belo gol de Charles. O lateral recebeu bom passe de Cristiano e acertou de fora da área para fazer o segundo do Rio Negro.

Publicidade
Publicidade