Publicidade
Esportes
Craque

Rio Negro poderá retornar à elite do futebol amazonense caso Cliper vença o Operário

O Galo torce por uma derrota do Operário para o Cliper/Tefé, no jogo desta quarta-feira (12), às 20h30 no estádio Ismael Benigno, para garantir acesso 12/11/2014 às 12:49
Show 1
Caso o Cliper (foto) derrote o Operário, nesta quarta, o Galo garante o acesso
Jornal A Crítica Manaus (AM)

Mesmo sem entrar em campo nesta quarta-feira (12), o Rio Negro poderá retornar à elite do futebol do Amazonas. Com três vitorias nos três jogos disputados, o Galo torce por uma derrota do Operário para o Cliper/Tefé, às 20h30 no estádio da Colina. Caso a torcida não dê jeito, o Rio Negro, que folga na rodada, precisará apenas de um empate contra o CDC Nova Olinda, na Colina, no próximo sábado.

O mesmo CDC enfrenta o Tarumã, às 15h30, no estádio Castanheirão, apenas para cumprir tabela. “Não temos mais chances, mas queremos ganhar os dois jogos que faltam para ganhar confiança para a segunda fase”, disse o jogador e presidente do CDC Nova Olinda, Janderson Furtado.

No Tarumã, o acesso para a primeira divisão continua não sendo a prioridade. O amadurecimento dos atletas para a disputa da Copa São Paulo de Futebol Junior, no mês de janeiro de 2015, é a principal prioridade.

“Nosso trabalho é visando a Copa São Paulo. Essa participação é mais para os atletas terem experiência para a Copa”, disse o dirigente.

é segundo turnoSem chances de conquistar o primeiro turno, o Cliper pensa no segundo. “Temos que correr para o segundo turno porque o primeiro não é mais prioridade. Não vamos conseguir alcançar o Rio Negro. Só quem pode é o Operário e vamos trabalhar para ver se a gente consegue acertar o grupo e conquistar o segundo turno”, afirmou o técnico Carlos Prata.

Publicidade
Publicidade