Publicidade
Esportes
O adeus do Galo

Rio Negro se despede do Estadual Sub-20 com goleada sobre Penarol

Os "Galinhos da Praça da Saudade" deixaram o Leão da Velha Serpa de quatro no adeus do Barezinho 2016 11/06/2016 às 20:42 - Atualizado em 11/06/2016 às 20:53
Show img 0048
Destaque do Galo, Elivelton "Tio Patinhas" deixou o dele contra o Penarol. (Foto: Denir Simplício)
Denir Simplício Manaus (AM)

Rio Negro e Penarol abriram a sétima e última rodada da segunda fase do Campeonato Amazonense de Juniores 2016 na tarde deste sábado (11), no estádio Carlos Zamith, na Zona Leste de Manaus. Mesmo eliminado da competição, o time Barriga Preta aplicou um sonoro 4 a 1 sobre a equipe de Itacoatiara (distante 211 quilômetros da capital) e despediu-se com honra do torneio. Já o Leão da Velha Serpa, que ainda tentava a vice-liderança do certame, terminou esta fase na terceira posição e enfrentará o Manaus FC nas semifinais do Barezinho.

Precisando da vitória para chegar a segunda colocação na classificação geral do Barezinho e ter a possibilidade de jogar com a vantagem nas semifinais, os meninos do Penarol, comandados pelo técnico Rui Pereira, partiram pra cima da equipe do Rio Negro. O lateral Jardel foi o primeiro a dar um susto do goleiro Rafael do Galo. No entanto, com a tranquilidade de sempre, o treinador Roberley Assis apontou o caminho das pedras para seu elenco e os gols começaram a sair.

Aos 8 minutos, em belo contra golpe do Galo, o atacante Anderson abriu o marcador e deu uma esfriada na equipe do Leão de Itacoatiara. Com alguns desfalques por conta de cartões amarelos, Rui Pereira mudou o time, mas não gostou do desenvolvimento de seu plantel em campo. Mesmo cumprindo tabela, o Rio Negro chegava forte na frente e chegou ao segundo em jogada ensaiada de escanteio. Aos 33min, o zagueiro Robson se antecipou à defesa adversária e fez 2 a 0, Galo.

O ritmo do time Barriga Preta não diminuiu e aos 35min Bruno - um dos melhores em campo - chutou de longe e o goleiro Matheus bateu roupa. Esperto, o camisa 9 Anderson não desperdiçou: 3 a 0 Galo. A coisa estava ficando feia pro Penarol até que aos 38min Leonardo, que já havia perdido algumas chances de gol, diminuiu pro Penarol de cabeça. Final de primeiro tempo, Galo 3, Leão 1. 

Na volta do intervalo, o Penarol voltou tentando diminuir o placar, mas acabou levando mais um tento. Aos 12min, o veloz Elivelton "Tio Patinhas" fez o dele, deixando o Leão de quatro no Zamithão. Depois disso o Leão ainda perdeu algumas, mas nada mudou. Final 4 a 1 pro time da capital.

Cabeça nas semis

Para o técnico Rui Pereira agora é hora de focar no Manaus FC, adversário da próxima terça-feira (14), no jogo de ida das semifinais do Amazonense Sub-20. "Tivemos problemas de cartões e contusão e tive de mexer em mais de 50% da equipe e os que entraram não corresponderam. Mas fizemos uma boa partida. Agora o pensamento é realmente na terça-feira, no Manaus. Acredio que seja em Itacoatiara, e se preparar para a semifinal que é o que vale tudo na realidade", ponderou o treinador do Penarol. 

Análise do Galo

Terminado a competição para o Rio Negro, Roberley Assis fez uma avaliação e projetou seu futuro e do elenco para o restante da temporada. "No profissional ainda não tivemos nenhuma conversa com o presidente e vamos ver depois como vai ficar. Talvez a gente converse semana que vem. Em relação ao Sub-20, o Rio Negro sai de cabeça erguida e com uma vitória. Não nos classificamos, infelizmente, e com isso nós desejamos sorte às quatro equipes que seguem no torneio", disse.

Roberley confirmou que foi procurado por outras equipes e que pode até deixar o Galo para o segundo semestre. "Estou no aguardo de notícias do futebol profissional do Rio Negro. Se o Roberley fica ou não. Ainda tem essa situação. Alguns clubes me procuraram e é uma situação que pode ser feita pro segundo semestre", pontuou o treinador do Galo, apontando alguns atletas que podem atuar entre os profissionais ainda este ano. "Temos sim (destaques). Eu apontaria cinco ou seis garotos que poderiam muito bem jogar entre os profissionais", concluiu.

O destaque do Galo

Desde o início da temporada um dos jogadores do Rio Negro já se destacava sobre os demais do elenco. Com a moral de quem se tornou o primeiro jogador da base a marcar um gol na Arenada Amazônia, o atacante Elivelton manteve a regularidade no torneio e deixou sua marca na despedida do Barezinho 2016. "Fiz o gol na Arena e ao todo são cinco gols na temporada. Agora espero uma oportunidade pra ver se vou pro profissional, que é meu sonho", comentou.

O atacante, que tem o pelido de Tio Patinhas, revelou que tem o desejo de continuar vestindo a camisa do Galo no restando do ano. "Minha vontade é continuar no Galo. O professor (Roberley) me perguntou se eu estava disposto a subir pros 'profis' e eu disse que sim", finalizou o camisa 7 do Rio Negro.  

Publicidade
Publicidade