Publicidade
Esportes
VITÓRIA

Rio Negro supera o Fast e larga bem no segundo turno do Barezão

Galo da Praça da Saudade aproveitou o segundo tempo movimentado para marcar os dois gols que deram a vitória à equipe 03/03/2018 às 18:20 - Atualizado em 03/03/2018 às 18:41
Show 2018 03 03 photo 00011798
(Foto: Evandro Seixas)
Jéssica Santos Manaus

O Rio Negro começou muito bem o segundo turno do Campeonato Amazonense, ao vencer o Fast Clube, pelo placar de 2 a 0, com gols de Yves e Jean, neste sábado (3), no Estádio Carlos Zamith. Com o resultado, o Galo só precisa de mais uma vitória para se classificar para a próxima fase do campeonato. Já o Fast, que foi o campeão do primeiro turno, tem vaga assegurada na final do Barezão, e não pode sofrer rebaixamento.

Na segunda rodada, no próximo sábado, dia 10, o Fast enfrenta enfrenta o São Raimundo, na Arena da Amazônia, às 15h, e o Rio Negro enfrenta o Manaus, na Colina, às 16h.

O jogo

Os primeiros minutos foram marcados por muitas faltas para Fast e Rio Negro. Nos primeiros 10 minutos de partida foram dois cartões amarelos, um para Gleisson, do Rio Negro, e um para Dinamite, do Fast, e um cartão vermelho para Edicleber, que reclamou, e nem precisou entrar em campo para ser expulso.

Aos 19’, chance para o Fast dentro da grande área do Rio Negro. Após confusão, Joel, do Fast, fica sozinho à esquerda do gol, cabeceia, mas desperdiça  uma das únicas chances de gol da primeira etapa do jogo.

No segundo tempo, parecia que os times seguiriam errando e sem grandes chances de gol, mas, a partir da segunda metade da etapa, o Rio Negro cresce na partida e começa a construir ataques perigosos, principalmente pela direita.

Aos 23’, após escanteio batido, Mendes, do Galo, quase acerta a bola, livremente posicionado de frente pro gol, mas só a viu passar. Já aos 28’, após confusão na grande área do Fast, foi a vez de Yves, também do Rio Negro, chegar chutando forte pelo centro do campo em direção ao gol, mas o goleiro Labilá defendeu.

O Rio Negro estava conseguindo encaixar varias oportunidades de ataque. Aos 30’, após jogada pela direita, Giovanni recebe a bola na frente do gol, mas cabeceia para fora.

O Galo atacava e não chegava ao gol. Foi quando, aos 37’, acontece falta na grande área e é marcado o pênalti a favor do time alvinegro. Yves cobra e marca o primeiro do Rio Negro. 1 a 0.

O árbitro dá seis minutos de acréscimo, e o Fast tenta reagir. Aos 46’, é marcado o escanteio para o Fast, e após a cobrança, Carlinhos Rocha, sozinho, erra a cabeçada, também de cara para o gol. Logo depois, com o goleiro do Rio Negro adiantado, William Sarô, do Fast, chuta cobrindo o defensor, mas a bola passa à esquerda do gol, num final de partida tenso.

Outros Resultados

O Nacional venceu o CDC Manicoré pelo placar de 2 a 0, no Estádio Flávia Blante de Oliveira. Os gols foram marcados por Robinho.

Na Colina, São Raimundo e Manaus empataram em 1 a 1. O gol do Manaus foi marcado por Panda, e o São Raimundo empatou com Ediglê.

Já Princesa do Solimões e Penarol se enfrentarão no Gilbertão, às 20h.


Com ataques dos dois lados, o Rio Negro ainda tenta fechar o placar, quando, no apagar das luzes,  Marquinhos, do Galo, faz jogada para Jean, que chuta forte. Gol do Rio Negro, para a alegria do jogador e da torcida rio-negrina. 2 a 0.

Publicidade
Publicidade