Publicidade
Esportes
BAREZÃO

Rio Negro tenta manter boa fase no Barezão diante do Princesa do Solimões

Vindo de duas vitórias consecutivas, Galo enfrente o time de Manacapuru que acumula três derrotas consecutivas, nesta quinta-feira (14), na Arena da Amazônia 14/03/2019 às 15:30
Show spopenarolja7136 7b9d79b5 849f 46cb 8d1a 7ed32c8678e7
Apesar da sondagem a atletas do Rio Negro, time segue sem perder os principais atletas. (Foto: Jair Araújo)
Valter Cardoso Manaus-AM

Repetindo o duelo que marcou a abertura do Campeonato Amazonense desta temporada, as equipes de Rio Negro e Princesa do Solimões voltam a se encontrar agora em jogo válido pela primeira  rodada do segundo turno do Estadual, nesta quinta-feira (14), às 20h, na Arena da Amazônia. O cenário é totalmente diferente do primeiro confronto.

Enquanto na primeira partida o Rio Negro ainda era uma grande incógnita no campeonato, o Princesa já iniciava a campanha como um dos grandes favoritos à disputa do título de campeão e que emplacou um 3 a 0, jogando em seu estádio. Agora, no entanto, o Galo da Praça da Saudade é quem vive um bom momento na competição.

“Nós estamos vindo de duas vitórias e vamos jogar dentro de casa, é um cenário  totalmente diferente. O primeiro jogo contra o Princesa, lá em Manacapuru, foi um jogo atípico onde tínhamos atletas principais da nossa equipe fora do jogo e nós vamos com força máxima, treinamos a semana para isso”, garantiu o técnico do Rio Negro, José Ribamar.

Se na primeira partida a ausência de jogadores pesou contra o time da capital, o fantasma voltou a rondar a equipe nos últimos dias após especulações sobre a saída de jogadores importantes da equipe, como o volante Emerson ‘Bombado’. Ainda assim, o treinador da equipe garante que a escalação usada nas últimas partidas não deve ter alterações. “O time é o mesmo que vem jogando, nós não temos nada definido, foram só especulações de que sairiam dois atletas, mas nós ainda temos estes atletas no grupo”, garantiu o treinador do Rio Negro. 

Se pelo lado do Galo a fase é boa, no time de Manacapuru a situação é outra. A equipe que iniciou o campeonato de forma avassaladora teve momentos de instabilidade durante a reta final do primeiro turno, acabou eliminado antes de chegar à final e agora busca reencontrar o caminho das vitórias, após três derrotas consecutivas na competição.  O principal objetivo da equipe comandada por Marcos Pitter é assegurar vaga na fase de mata-mata do segundo turno para buscar um lugar na grande final do Barezão 2019. 

Publicidade
Publicidade