Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2019
BAREZÃO

Rio Negro vence Fast e termina primeiro turno como líder do Barezão

O gol que definiu a partida saiu no fim da primeira etapa após grande jogada de Wagner Diniz, e levou o Barriga Preta aos mesmos 14 pontos do Princesa do Solimões, mas assume a liderança pelo saldo de gols



01.jpg (Foto: Evandro Seixas)
15/04/2017 às 17:29

Em partida atrasada da quinta rodada do Campeonato Amazonense, o Galo da Praça da Saudade superou o Rolo Compressor em uma partida morna.

O gol que definiu a partida saiu no fim da primeira etapa após grande jogada de Wagner Diniz, e levou o Barriga Preta aos mesmos 14 pontos do Princesa do Solimões, mas assume a liderança pelo saldo de gols.



O Fast Clube, que entrou em campo com 6 jogadores novos no time titular, acabou caindo para a terceira posição do Barezão.

O jogo

Aos quatro minutos o Rio Negro deu o primeiro susto no Fast. Após boa triangulação, Wagner Diniz arriscou com força e exigiu a primeira defesa do goleiro Maik Douglas. O lance acordou o Tricolor que, passou a tentar as finalizações de longa distância.

Com o caminhar do cronômetro, o Fast passou a controlar mais a partida. Com mais posse de bola, o time não conseguia converter a superioridade em gol. Nos contra-ataques o Galo assustava o Tricolor.

Aos 41 minutos, Wagner Diniz fez grande jogada ao ganhar na força de Bianor e na velocidade do restante da zaga do Tricolor e achar Leonardo livre na entrada da área, que tocou com calma para o fundo do gol e abriu o placar.

O segundo tempo deve o mesmo cenário do primeiro. Tanto que a melhor chance saiu dos pés de Cristiano, do Rio Negro.

Apesar da disputa acirrada dentro de campo, as chances claras de gol não apareciam. As faltas, desarmes e passes errados apareceram mais do que as finalizações e jogo acabou com a vantagem mínima para o Barriga Preta.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.