Publicidade
Esportes
Craque

Rivais fazem até caixão para 'comemorar' o 'Tri' rebaixamento do Vasco para a Série B

Assim como todo o Brasil, torcedores rivais não perdoaram o Cruz-Maltino que mais uma vez vai para a segunda divisão do Brasileiro 06/12/2015 às 21:38
Show 1
Flamenguistas aproveitaram queda do Vasco e fizeram funeral na Praça do Caranguejo
Anderson Silva Manaus (AM)

A história mais que centenária do Vasco sofreu a terceira mancha com o rebaixamento para a Série B, na tarde de ontem. O fato vai ficar cravado na história do Vasco e também vai marcar os eternos adversários que não param de zoar com o rebaixamento do rival.

E após o apito final do árbitro, a zoação pelo Brasil teve início e aqui em Manaus a festa ficou completa com as velas, caixão e o velório do Vasco em plena na Praça do Caranguejo, no conjunto Eldorado, Zona Centro-Sul de Manaus.

“Hoje é um momento especial. Não estávamos nem torcendo pelo Mengão, e sim pelo terceiro rebaixamento do Vasco”, declarou Leandro Oliveira, empresário, que ao lado do amigo levaram velas e um caixão do time vascaíno.

 “Eles gostam de sofrer, por que eu vou ter pena deles? Hoje (domingo) o dia está maravilhoso. É um prazer enorme em ver o Vasco rebaixado. Não é só porque perdeu que eles têm que se jogar do estádio de novo”, ironizou Ubirajara Andrade, lembrando que em 2008 um torcedor tentou se jogar da marquise de São Januário, após o Vasco ser rebaixado pela primeira vez.

Vascaínos sumiram

Em uma tarde péssima para o Vasco, poucos foram os torcedores que resolveram sair de casa com o manto do clube. Uma torcedora ainda acreditava no clube, pouco antes do final da partida.

“Enquanto não terminava (o jogo) eu acreditava”, disse a estudante, Priscila Correa, “consolada” pelo namorado flamenguista. “Cara, eu estou me segurando aqui para não bagunçar com ela”, gargalhou Paulo Vitor, ganhando um olhar de desaprovação da namorada vascaína.

Publicidade
Publicidade