Publicidade
Esportes
Craque

Rock e Gol: bandas se unem para ajudar a Fundação Dr. Thomas

algumas bandas de Manaus vão trocar, por algumas horas, no palco pela quadra de futsal. Tudo para fazer parte do “Chute Solidário”, evento que vai reunir esporte e música no CSU do Parque 10 30/10/2013 às 09:03
Show 1
Integrantes da banda RG-7 estão empolgados para participar do evento
Lorenna Serrão ---

Em nome da solidariedade, algumas bandas de Manaus vão trocar, por algumas horas, no palco pela quadra de futsal. Tudo para fazer parte do “Chute Solidário”, evento que vai reunir esporte e música no CSU do Parque 10, Zona Centro-Sul, de 9h às 19h, no próximo dia 15. Com o intuito principal de arrecadar alimentos, lençóis, roupas e fraldas geriátricas para a Fundação Dr. Thomas.

No mês passado, dois pavilhões da fundação, que mantém 119 idosos residentes, foram atingidos por uma forte chuva e ficaram sem os telhados. Nenhum morador foi ferido, mas o prejuízo material foi grande. Por conta disso, a empresa local Ícone Produções resolveu organizar um evento para ajudar o abrigo.

“O prejuízo que a Fundação Dr. Thomas teve depois do forte temporal foi o que nos levou a pensar em algo para ajudar. Foi assim que tivemos a ideia de organizar o Chute Solidário. Em apenas um evento vamos promover o esporte, a cultura e ainda teremos uma grande ação solidária em prol do abrigo”, disse Jéssica Rocha, proprietária da empresa Ícone.

A banda que vencer o torneio de futsal ganhará duas músicas gravadas no JM Studio. O evento também premiará, com brindes, a banda que levar a maior torcida e a que for mais solidária. As inscrições, que custam R$ 50 (por banda), já começaram e seguem até o dia 8. Segundo Jéssica, não há limites de vagas. “Nossa ideia é lotar o CSU do Parque 10, por isso convidamos todas as bandas locais para fazer parte do “Chute Solidário”. As chaves do torneio de futsal devem ser feitas logo depois do encerramento das inscrições, no dia 8. As disputas acontecerão pela manhã e a tarde o público poderá curtir shows de músicos convidados e parceiros nossos”, comentou Jéssica Rocha.

Empolgação

Os integrantes da banda RG-7 estão empolgados para participar do evento, mas, segundo o vocalista Ney Gomes não existe nenhum “bom de bola” no grupo. “Dos sete integrantes, acho que dois ou três jogam futsal uma vez ou outra. Vamos formar um time de pernas de pau, mas o importante mesmo é participar e principalmente ajudar a Fundação Dr. Thomas, afinal este é o objetivo principal do “Chute Solidário”, disse Gomes. Além de competir, a RG-7 também tocará durante o evento.

Publicidade
Publicidade