Publicidade
Esportes
Craque

Rodrigo Ramos contará com a sua experiência para fechar o gol nacionalino contra o Paysandu

O goleiro do Nacional acredita que o time possa reverter o resultado negativo e disse que a tônica é tranquilidade. "É fazer o primeiro gol para depoispensar em fazer o segundo e o terceiro" 19/03/2015 às 19:31
Show 1
Goleiro do Nacional disse que a defesa vai garantir que o time não leve gols
Camila Leonel Manaus (AM)

No domingo, o Nacional entrará em campo contra o Paysandu com uma missão: vencer por três gols de diferença, porém essa tarefa pode ficar mais difícil ainda caso o Papão marque gols na Colina. Isso porque, na Copa Verde, o gol fora de casa conta como critério de desempate e obrigaria o Nacional a ter que ampliar a vantagem. Para evitar que isso aconteça, o arqueiro do Nacional, Rodrigo Ramos, entrará concentrado para garantir o gol fechado durante o jogo da volta.

“A gente sabe que é um jogo difícil. Reverter esse resultado não e fácil, mas não e impossível. O futebol tem dado mostras que e possível reverter isso. Temos que ter tranquilidade. A Colina é um campo onde a gente está acostumado a jogar, que tem dimensões pequenas. Então nós temos que explorar o que nós temos de melhor e tentar surpreender”.Rodrigo explicou que a pressão de não levar gols existe, mas que os jogadores já estão acostumados a lidar com esse tipo de situação.

“É uma pressão que eu divido com todo o sistema defensivo. Ter que fazer gols e não levar nenhum traz uma pressão maior, mas temos que estar ligados no jogo a todo instante. Eu sou um jogador que sou acostumado a esse tipo de pressão e o Nacional tem uma defesa experiente que sabe que num jogo desse temos que procurar não errar e contar com a boa fase do nosso ataque”, disse.

O primeiro jogo entre as equipes foi no dia 7 de março, no estádio da Curuzu, em Belém do Pará, com o placar de 4 a 1 para o time paraense. No jogo da volta, o Nacional precisa vencer por três gols de diferença e não levar nenhum para seguir na competição.

Publicidade
Publicidade