Publicidade
Esportes
Em grande estilo

Rolo compressor aplica goleada sobre o Borbense e volta à liderança

O Tricolor de Aço jogou como favorito e não deu chances ao lanterna da competição. O resultado: 10 a 0 para o Rolo Compressor 05/10/2016 às 22:31 - Atualizado em 05/10/2016 às 22:44
Show afast02
Faminto por gols, o Fast dominou a partida desde o começo e achou o campo livre em todas as suas investidas ao ataque. Foto: Evandro Seixas
Valter Cardoso Manaus

Os extremos da tabela foram os extremos dentro de campo. O Fast, que buscava retomar a liderança do Campeonato Amazonense, jogou como favorito nesta quarta-feira (5), no estádio Carlos Zamith, e não deu chances ao lanterna da competição, Nacional Borbense. O resultado: 10 a 0 para o Rolo Compressor.

Faminto por gols, o Fast dominou a partida desde o começo e achou o campo livre em todas as suas investidas ao ataque.

Por outro lado, o Nacional Borbense teve dificuldades antes mesmo do apito inicial. O time não tinha sequer banco de reservas para a partida desta quarta, apenas os 11 jogadores iniciais. O jogo encerrou com gritos de olé por parte da torcida, com o Fast na liderança.

O gols
Ironicamente, a primeira grande chance do jogo foi do Borbense aos dois minutos. O lateral recebeu a bola em profundidade e bateu com perigo. Mas não demorou muito para o Fast tomar o domínio de partida e, logo na primeira chance, abriu o placar. Aos 5 minutos, após cobrança de falta levantada na área do Borbense, Robinho aproveitou a bola que sobrou e empurrou para o primeiro gol da partida.

Aos 18 minutos, Andresinho cruzou pela direita e Emerson Martins apareceu livre para completar de cabeça, fazendo o segundo gol do Fast no jogo. Dois minutos depois a mesma liberdade apareceu do outro lado. Robinho avançou pela esquerda e cruzou rasteiro para Cassiano fazer o gol.

Aos 23, o quarto gol do Fast veio dos pés de Peninha, após receber livre, em velocidade, no meio da zaga e bater com categoria para tirar o goleiro da jogada.Com 38 minutos, Cassiano recebeu no semicírculo e rolou para Charles, completamente livre marcar o quinto gol.

Aos 41 minutos, Cassiano cruzou e Charles, livre, praticamente em cima da linha, completou de peito para fazer 6 a 0. No segundo tempo, o ritmo foi mais lento, mas os gols continuavam a sair. Aos 14 minutos, Charles marcou seu terceiro gol na partida, de pênalti, e fez o sétimo do Fast.

Aos 18 minutos, Robinho aproveitou mais uma bobeira da zaga do Borbense e recebeu sozinho na área para fazer o oitavo.Com 33, Rosembrick cobrou escanteio e a zaga do Borbense bateu cabeça, e Ridson jogou para dentro do próprio gol.

A cereja do bolo para o torcedor fastiano foi o gol de Rosembrick, aos 42, que entrou no segundo tempo. Festa completa!

Publicidade
Publicidade