Domingo, 17 de Novembro de 2019
Craque

Ronaldo diz que aceitaria presidir a CBF após a Copa

Fenômeno quer ajudar politicamente o futebol brasileiro



1.gif Ronaldo com Teixeira em sua nomeação para o COL: substiuição na CBF?
19/03/2012 às 10:10

Ex-jogador e atualmente membro do Conselho de Administração do Comitê Organizador Local da Copa-2014, Ronaldo deixou transparecer pela primeira vez que aceitaria ser presidente da CBF, após o Mundial no Brasil. Em entrevista ao jornal "Folha de S. Paulo", ele afirmou quer contribuir politicamente para ajudar a melhorar o futebol brasileiro.

- Quero virar um político do futebol. Não sei se seria um candidato a presidente da CBF, mas aceitaria sim. Porque vejo um potencial muito grande de melhoria no futebol. Acho que, mesmo com a contribuição tão grande que dei jogando futebol, posso ser muito mais útil fora das quatro linhas - declarou o Fenômeno, que também é presidente da agência de publicidade 9ine.



- Preciso ter um conhecimento do estatuto da CBF. Graças a Deus dinheiro não é o meu foco, meu objetivo. Portanto, posso escolher as coisas que me dão prazer, que gosto de fazer. Como ter aceitado o convite do COL. Quero estar junto (depois da Copa). É muito cedo para falar. Quero ser importante nesse momento, quando tudo isso acontecer - completou Ronaldo.

Na última semana, em entrevista ao Papo com Benja, da TV LANCE!, Ronaldo havia afirmado que não pensava em assumir a presidência da CBF (confira a entrevista abaixo). À "Folha de S. Paulo", Ronaldo afirmou ainda que se encontrará pela primeira vez com o novo presidente da CBF, José Maria Marin, esta semana. Por enquanto, houve contato apenas por telefone.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.