Publicidade
Esportes
RENASCIDO

Ronaldo Jacaré nocauteia Derek Brunson e volta a mirar cinturão do UFC

Brasileiro recuperou-se de lesões que o atrapalharam no passado e reencontra vitória após chute alto arrasador 27/01/2018 às 23:19
Show img 1897
(Foto: Divulgação / UFC)
Dante Graça Manaus

Ronaldo “Jacaré” Souza está de volta. O brasileiro, que surgiu para o mundo das lutas quando morou em Manaus, nocauteou Derek Brunson na casa do adversário e colocou-se novamente na rota da disputa do cinturão dos médios do UFC. 

O brasileiro vinha de um longo tempo parado. Após lutar lesionado e perder para o atual campeão Robert Whittaker em abril passado, Jacaré passou por duas cirurgias e só voltou a treinar três meses atrás. 

O retorno, diante de um adversário que vinha em ascensão na categoria após nocautear Lyoto Machida, foi em Charlotte, na Carolina do Norte, estado natal de Brunson.

E o dono da casa até tentou se impor no começo da luta. Com cautela, ele sempre procurava atingir Jacaré com sua potente mão esquerda. O brasileiro, preciso, neutralizava bem as iniciativas e disparava bons chutes na linha de cintura.

Quando Brunson tentou atacar mais, acabou deixando espaços em sua guarda. E Jacaré foi brutal e acertou um belíssimo chute alto na cabeça do rival. A certeza do golpe certeiro foi tanta que Jacaré viu o adversário cambalear e foi calmamente andando até ele, disparando os socos derradeiros que finalizaram o combate.

Após a luta, Jacaré não escondeu sua emoção. Ele foi as lágrimas, e citou em discurso todo o período de dificuldades de saúde que passou, inclusive lembrando que meses atrás era a esposa dele, Larissa, quem tinha que lhe dar banho. Ele dedicou a vitória à mulher e mostrou a todos que ainda duvidavam que ele pode chegar ao topo da categoria. 

Publicidade
Publicidade