Domingo, 25 de Agosto de 2019
De folga este ano

Ronda passa por cirurgia e deve voltar ao UFC somente em 2017

A ex-campeã do peso-galo passou por uma cirurgia no joelho, sem gravidade. Dana White afirma que a lutadora voltará para disputa do cinturão.



ronda-rousey-ufc-184.png A última luta de 'Rowdy' foi em novembro de 2015 (Foto: Reprodução / Web)
03/06/2016 às 09:54

Fora dos octógonos desde a perda do cinturão do peso-galo para Holly Holm, Ronda Rousey deve ficar afastada por mais um tempo do UFC, isso porque a lutadora passou por uma cirurgia no joelho e precisará de reabititação, a confirmação veio do presidente da organização, Dana White, em entrevista ao programa 'SportsCenter'. 

"Ela passou por uma cirurgia no joelho, mas nada sério, ela está bem. Espero que ela volte ainda em 2016, mas não sei dizer quando. Espero que pelo menos em dezembro, senão, provavelmente ficará para o começo do ano que vem", declarou o mandatário, frisando que a ex-campeã lutará pelo título, independentemente de quem seja a dona do cinturão quando ela retornar. 

"Se a Miesha Tate ainda for a campeã, ela vai lutar com Miesha. Quem quer que esteja com o cinturão, essa será a adversária da Ronda. Eu não estou dizendo que a Holly Holm não pode ser campeã na época em que a Ronda voltar. Então, quem quer que esteja com aquele cinturão lutará com a Ronda quando ela estiver pronta", finalizou. 

Ronda Rousey, 29 anos,  perdeu seu 'reinado' no UFC em novembro de 2015, na Austrália, quando foi nocauteada por Holly Holm. 'Rowdy' como é chamada pelos fãs, tem um cartel com 12 vitórias e apenas uma derrota. A adversária de Ronda, não conseguiu manter o cinturão por muito tempo, em sua primeira defesa de cinturão, acabou sendo finalizada por Miesha Tate, em março.

 

 

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.