Publicidade
Esportes
Flamengo x Vasco

Flamengo e Vasco se enfrentam pelo NBB neste sábado (11), em Manaus

Tudo pronto para o grande clássico das torcidas de Flamengo e Vasco em Manaus. A expectativa é de festa, e rivalidade apenas em quadra. 11/03/2017 às 05:00
Show  mcn0729
Jogadores e técnicos estão ansiosos para a partida, que vale pontos preciosos para os times do NBB. (Mauro Neto/Sejel)
Jéssica Santos Manaus (AM)

A previsão é de grandes emoções para o clássico entre Flamengo e Vasco pelo NBB – Novo Basquete Brasil, que acontece hoje, 11, na Arena Amadeu Teixeira, Zona Centro-oeste, às 13h. Será a primeira vez que um jogo do NBB acontece no norte do país.

“Estamos sentindo uma atmosfera muito boa aqui, fomos muito bem recebidos por todos, temos um ginásio bem montado, e um clássico é a nossa maior motivação para um grande jogo”, disse o técnico do Vasco, Dedé Barbosa.

O assessor da Liga Nacional de Basquete, Guilherme Buzzo, também comemora a vinda do jogo para Manaus. “Agora estamos em todas as regiões do Brasil, e isso nos dá muito orgulho. Nada como um Flamengo e Vasco, vai ser uma festa bonita”, disse.

Mas não esperem apenas festa, pois os dois times vão lutar muito pela vitória. “O Flamengo sendo líder, seria um erro nosso ficar contente só com isso. Precisamos continuar assim. As equipes são equilibradas, e a vitória para a gente é muito importante, porque um deslize pode nos tirar do G4. Perdemos para o Vasco no primeiro jogo, e temos que reverter isso agora”, afirmou o técnico do Flamengo, José Neto.

O Flamengo é o líder da tabela no momento, e o Vasco está na nona posição. “A diferença entre os dois times está só na tabela. A NBB já mostrou que o último pode ganhar do primeiro, então, esse ano está muito equilibrado o campeonato, e a gente sabe que o Vasco será um grande adversário, e queremos ganhar para permanecer na liderança, isso que importa”, disse o armador do Flamengo, Ricardo Fischer.

Este discurso de equilíbrio entre os times também é usado pelo Vasco. “Esperamos que vai ser um jogo duríssimo, decidido nos últimos minutos, como no último jogo. Mas estamos preparados, vamos obedecer o que o Dedé pediu, para sair com uma vitória daqui”, ressaltou Ricardinho, ala armador do Vasco.

O clássico das torcidas

O técnico do Vasco, Dedé Barbosa, relembrou a emoção de se jogar um clássico com as torcidas presentes. “Quem nunca jogou um Flamengo e Vasco com as torcidas não tem ideia, é uma coisa única. Estamos muito felizes, porque queremos expandir o futebol no Brasil”, disse ele.

José Neto, técnico do Flamengo, por sua vez, falou da tristeza dos portões fechados, como vem acontecendo no RJ. “Além da rivalidade presente num clássico deste, vejo também a importância do entretenimento gerado. Por isso, nos entristece muito os portões fechados nos jogos. Em Manaus, vamos aproveitar a presença das torcidas para dar nosso melhor”, afirmou José.

Pensando nisso, Marcelinho, ala do Flamengo, deu um recado às torcidas. “A expectativa é que o jogo seja uma festa do basquete, e em festa não se inclui briga nem confusão. Talvez essas torcidas possam dar o exemplo de como é um jogo festivo; para nós logicamente não é, é um jogo valendo muito, mas se eu morasse aqui, iria entrar no ginásio para curtir o máximo essa oportunidade, viver intensamente, sempre com esse respeito”,

Os portões da Arena Amadeu Teixeira vão abrir às 10h. A entrada dos torcedores do Flamengo será pela Loris Cordovil, seguindo à direita, Portão Norte, Catraca 2, enquanto a torcida do Vasco poderá acessar a entrada da Constantino Nery, à frente da loja América Ford, Portão 1, Setor Leste.

Publicidade
Publicidade