Sexta-feira, 19 de Julho de 2019
MITOS

Salah, Cristiano Ronaldo e Messi são indicados a prêmio da Liga dos Campeões

Organização europeia anunciou indicados nesta quinta-feira. Para melhor defensor, título é garantido para o Real Madrid, uma vez que os competidores são Marcelo, Sergio Ramos e Varane



Sem_t_tulo.jpg
09/08/2018 às 14:04

Mohamed Salah, do Liverpool, se juntou aos já tradicionais Cristiano Ronaldo e Lionel Messi na lista de indicados da Uefa para o prêmio de melhor atacante da Liga dos Campeões na última temporada, anunciou a organização europeia nesta quinta-feira.

Cristiano Ronaldo, que ganhou o prêmio no ano passado, liderou a tabela de gols da Liga dos Campeões com 15 marcados durante a competição, vencida pelo Real Madrid pela terceira vez seguida.

O egípcio Salah liderou a notável campanha do Liverpool até a final com 10 gols e 4 assistências, enquanto Messi marcou 6 gols pelo Barcelona.

O título de melhor defensor com certeza irá para o Real, uma vez que os indicados foram todos do clube: o brasileiro Marcelo, o espanhol Sergio Ramos e o francês Raphael Varane.

Já a dupla do Real Toni Kroos e Luka Modric competirá com Kevin De Bruyne, do Manchester City, pelo título de melhor meio-campista.

O desempenho pela Roma do brasileiro Alisson, recém-contratado pelo Liverpool, garantiu-lhe uma indicação para o prêmio de melhor goleiro. Ele competirá com Keylor Navas, do Real Madrid, e com o italiano Gianluigi Buffon, que trocou a Juventus pelo Paris Saint-Germain no mês passado.

Os vencedores serão anunciados durante o sorteio da fase de grupos da Liga dos Campeões 2018-19, que acontecerá em Mônaco no dia 30 de agosto.

Os indicados foram escolhidos por júri composto por 32 técnicos dos times participantes da Liga dos Campeões do ano passado e por 55 jornalistas selecionados pelo grupo European Sports Media.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.