Publicidade
Esportes
DISPUTA

Santos vence Sport Girls e destaca melhor campanha da Libertadores

As sereias da Vila deram show de bola e marcaram 3 a 0. Na próxima quinta (29), o Santos enfrenta o Colo-Colo 26/11/2018 às 22:42 - Atualizado em 26/11/2018 às 22:46
Show jogo bbc0fb7d cfaf 4a4f b509 f2b9f6f055fd
Foto: Antonio Lima
Jéssica Santos Manaus (AM)

Já classificada como a melhor campanha da Copa Libertadores feminina, com três vitórias em três jogos, o Santos (BRA) venceu o Sport Girls (PER) pelo placar de 3 a 0, no Sesi - Clube do Trabalhador. Os gols foram marcados por Tayla, Allana e Dani Silva, de pênalti. A equipe santista mostrou mais uma vez que é organizada, forte e que sabe chegar aos gols, sem dificuldade.

Na próxima quinta (29), as sereias da Vila enfrentam o Colo-Colo, às 20h30, na Arena da Amazônia, logo após a partida entre Iranduba (BRA) e Atletico Huila (COL), pelas semifinais da competição.

O jogo

Já garantida na semifinal, a equipe do Santos entrou em campo tranquila, poupando algumas jogadoras, mas logo demonstrou que não veio brincar. Logo aos 3’, Chú, pela lateral esquerda, lançou a bola para dentro da área e a camisa 8, Sandrinha, tentou de letra, mas a bola parou na perna da zagueira.

O Santos iniciou então uma sequência de ataques, que resultaram em escanteio. Aos 7’, Brenda chutou no segundo pau, e Tayla, livre, aproveitou para cabecear e marcar o primeiro para as sereias.

Após abrir o placar, o Santos decidiu esfriar a partida, tocando a bola, mas sem dar chances ao Sport Girls, que tentava criar jogadas, mas não conseguia finalizar.

Apesar do jogo estar mais calmo, o Santos chegava naturalmente ao ataque, criando boas oportunidades. Aos 36’, Chú bateu forte cruzado, direto pro gol, mas a goleira defendeu.

Logo depois, Patricia Sochor bateu o escanteio para Camila cabecear, mas a goleira Cordoba Martínez defendeu mais uma - o maior destaque do Sport Girls.

O Santos começou o segundo tempo administrando o jogo, com o time na defesa. Apesar disso, as sereias ainda conseguiam armar jogadas no erro das adversárias, que seguiam sem levar perigo ao time brasileiro.

Aproveitando a facilidade de vazar a defesa adversária, o Santos não tardou a chegar com perigo através de uma bola cruzada pela esquerda para dentro da área, que foi muito bem aproveitada pela camisa 10,  Alanna, que converteu, 2 a 0, Santos.

A partida seguiu com ataques do Santos, que chegava à área adversária sem grandes dificuldades. Aos 36’, a defensora do Sport Girls chegou atrasada e derrubou a camisa 20, Maria. Dani Silva bateu mal no lado direito do gol, a goleira ainda saiu para fazer a defesa, mas a bola entrou, 3 a 0, Santos.

Publicidade
Publicidade