Terça-feira, 21 de Maio de 2019
Troca de Tricolor

São Paulo anuncia retorno do meia Cícero ao Morumbi

Jogador foi pedido especial de Rogério Ceni onde atuaram juntos entre 2011 e 2012; contrato do meio-campista com o Tricolor é de dois anos, e terá salários pagos por São Paulo e Fluminense



DSC01904_crop_galeria.jpg
Cícero volta ao Tricolor paulista à pedidos do novo técnico Rogério Ceni (Foto: Divulgação)
29/12/2016 às 16:39

A dretoria do São Paulo segue trabalhando para reforçar o elenco do técnico Rogério Ceni para a temporada 2017. Após as chegadas do goleiro Sidão e dos atacantes Wellington Nem e Neilton, o Tricolor anunciou na tarde desta quinta-feira (29) acordo com o meio-campista Cícero, que estava no Fluminense.

O versátil jogador assinará contrato válido até o final de 2018 logo após a realização dos exames médicos, que serão feitos nos Estados Unidos, onde Cícero passa férias com a família.

O meio-campista se juntará ao restante do elenco na Flórida Cup, na pré-temporada, quando será apresentado oficialmente com a camisa do São Paulo.

Carreira

Aos 32 anos, Cícero vai defender o São Paulo pela segunda vez. O meia atuou no Morumbi entre 2011 e 2012. Em seu primeiro ano obteve grande destaque, sendo inclusive convocado pelo técnico Mano Menezes para defender a Seleção Brasileira no Superclássico das Américas, contra a Argentina, quando sagrou-se campeão. Na temporada seguinte, ajudou o Tricolor a conquistar o inédito título da Copa Sul-Americana.

Versátil, o jogador sempre foi reconhecido por poder exercer diversas funções táticas em campo. Apesar de ser meio-campista de origem, pode atuar como lateral e atacante. A polivalência do jogador e sua facilidade em atuar próximo aos atacantes renderam ao armador duas artilharias de campeonatos estaduais: Catarinense, em 2006, e Paulista, em 2014, quando foi eleito ainda o melhor meia e o craque da competição.

Ex-companheiro do, agora, técnico Rogério Ceni, que sempre enalteceu suas qualidades, Cícero disputou 89 jogos pelo São Paulo em sua primeira passagem, com 16 gols marcados e quatro assistências. Já pelo Fluminense, além da versatilidade, o atleta também se destacou ‘no ataque’: foi o principal artilheiro do time carioca em 2016, com 16 gols marcados em 63 jogos. No total, pelo ex-clube, balançou as redes 49 vezes em 198 partidas.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.