Sábado, 31 de Outubro de 2020
PRIMEIRA VEZ

São Paulo e Iranduba fazem duelo inédito nesta quarta-feira na capital paulista

O time amazonense foi fundado em 2011, dez anos após o São Paulo parar suas atividades no departamento feminino - retomadas somente em janeiro do ano passado



IR_6612F631-092F-412D-AAF6-3E88E436EDA4.jpeg (Foto: João Normando)
30/09/2020 às 10:01

São Paulo e Iranduba fazem nesta quarta-feira às 14h (horário de Manaus), o primeiro duelo da sua história. O jogo será em Cotia, no Centro de Treinamento do Tricolor Paulista.

O time amazonense foi fundado em 2011, dez anos após o São Paulo parar suas atividades no departamento feminino - que foi de 1997 a 2001. Em janeiro do ano passado, o São Paulo anunciou a volta do time profissional – que havia reativado apenas o sub-17 no ano de 2017 -, que disputou a Série A2 e além do título conquistou o acesso para a Série A1.



O São Paulo está invicto em casa no Brasileiro conquistando vitórias contra Corinthians, Minas Icesp, Ponte Preta e Audax, além de empatar com Internacional. O Tricolor é o sétimo colocado, com 20 pontos, mesma pontuação da Ferroviária, que é a sexta colocada.

Para este jogo, as donas da casa não terão a volante Ana Cris, que está com contratura na panturrilha esquerda, desfalcando a equipe pelas próximas semanas. A atacante Kamilla se recupera de ruptura muscular na coxa direita. Dani e Jaqueline estão na fisioterapia tratando o adultor e a lesão muscular na coxa, respectivamente. Monique ainda busca o melhor ritmo de jogo. O retorno fica por conta da zagueira Bruna, 100% recuperada da cirurgia no tornozelo (ruptura no ligamento e lesão na membrana entre ossos no calcanhar esquerdo, em março); A defensora retornou aos treinos regulares nas últimas três semanas.

Já a meta número do 1 do Iranduba é vencer para somar pontos e evitar o rebaixamento. O Hulk da Amazônia é o 13º colocado, com 10 pontos, um a menos que o Minas Icesp, primeiro fora do Z4. Diante de um cenário complicado, o alento do Hulk é a evolução apresentada nos últimos jogos, principalmente contra o Corinthians e Ferroviária, no último domingo, quando as amazonenses conseguiram um ponto na casa do adversário. Para este jogo, a única mudança deve ser Thaís no lugar de Margareth, no meio campo. No gol, conforme o rodízio adotado pelo time na posição, a titular será Sol, que assume a meta no lugar de Yesica, titular no último jogo. A escalação que deve entrar em campo é: Sol; Geovana, Petra, Hillary e Natasha; Nath Pitbull, Thais e Dayana; Brenda, Paulinha e Cinthia


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.