Publicidade
Esportes
Craque

São Raimundo vence o Rio Negro e se aproxima do G-4 do Campeonato Amazonense

O único gol da partida foi marcado, aos 28 minutos da segunda etapa, por Claílson, que ainda não havia balançado as redes nesta temporada 28/03/2015 às 19:33
Show 1
Clailson marcou o gol do Tufão com boa participação de Neto no jogo.
acritica.com Manaus

Em partida tecnicamente fraca, o São Raimundo venceu o Rio Negro por 1 a 0, neste sábado (28), no estádio da Colina, Zona Oeste de Manaus. O duelo foi válido pela sétima rodada do Campeonato Amazonense. Com o resultado o Tufão chegou aos 10 pontos e se aproximou do G-4 do Barezão 2015. Já o Galo da Praça da Saudade amargou a a quarta derrota no torneio e volta a se aproximar da zona da degola do campeonato.

Numa tarde marcada por brigas entre os torcedores de duas organizadas do próprio São Raimundo, o time de Eduardo Clara entrou em campo assustando ao ver dezenas de torcedores da equipe colinense se degladiando nas arquibancadas do estádio Ismael Benigno.

Passado o confronto acalmado pela Polícia Militar, o jogo foi iniciado e o que se viu foi um futebol tão pobre quanto a atitude dos pseudo-torcedores brigões. Com Ramon isolado na frente, o Tufão pouco chegava ao gol do goleiro Daniel.

Se o time da Colina pouco chegava ao ataque, as coisas ficaram ainda mais difíceis quando o médio-volante Adonias sentiu a coxa e deixou o jogo ainda no primeiro tempo, para a entrada de Joaldo. O Rio Negro, do treinador Roberley Assis, tentava sem sucesso chutar ao gol do arqueiro Leandro, mas nem Lucas Peteca, pouco menos Ronan tiveram chances no ataque.

O primeiro tempo foi sonolento, mas na volta do intervalo o técnico do Tufão resolveu colocar o time Alviceleste para frente e promoveu as entradas de Maikinho, na vaga de Ramon, e Neto no lugar de Diego Mipibú.

O veterano jogador, dos tempos aúreos do São Raimundo, foi essencial para a vitória do Mundico. Aos 28 minutos da etapa final, o lateral-esquerdo Vamberto tomou a bola e partiu para o campo adversário. A bola acabou passando pelos pés de Neto, que usava a camisa 20, até chegar a Clailson, que fuzilou o gol rionegrino. 1 a 0 para o Tufão.

Depois da abertura do placar o time de Roberley Assis se lançou para o ataque, no entanto, esbarrava na falta de organização de seu meio de campo. Em contra-partida, o São Raimundo aproveitava para tentar "matar" o jogo nos contra-ataques. 

Foi numa dessas oportunidades que aos 35 minutos do segundo tempo, o zagueiro Fernando Jr. recuperou a bola, passou para o lateral Getúlio que encontrou Thomas sozinho na grande área. Mas o camisa 7 do Tufão perdeu gol feito.

Aos 43 minutos, quase no apagar das luzes na Colina, o lateral-direito do Galo, Marcelinho, desperdiçou a chance do empate ao isolar a bola sobre o gol do Tufão. Depois desse lance, o time colinense se preocupou apenas em segurar a bola no meio de campo e aguardou o apito final da arbitragem.

Na próxima rodada o São Raimundo enfrentará o Iranduba, às 16h, no domingo (5), no estádio Carlos Zamith, Zona Leste. O time do Rio Negro pega o Penarol, às 15h, no sábado (4), também na Colina.

Publicidade
Publicidade