Segunda-feira, 29 de Novembro de 2021
FUTEBOL

'Se a gente não fizer nosso jogo, a torcida vai ficar contra', alertou Luis Fernando sobre a volta do público

Zagueiro chegou a ser alvo de parte da torcida após usar gesto obsceno para o público que xingava o elenco de fora do estádio



WhatsApp_Image_2021-10-14_at_17.01.23_01CA2A0E-E5B8-48DF-AB7C-A285676C583E.jpeg Foto: João Normando/FAF
14/10/2021 às 17:03

Os dois primeiros jogos do Manaus no quadrangular serviram para colocar 'panos quentes' e afastar a desconfiança que a torcida esmeraldina teve após os últimos três jogos da equipe na primeira fase da Série C. Na ocasião, sobrou até para um dos destaques da equipe na campanha, o zagueiro Luis Fernando, que ao fim do empate contra o Ferroviário-CE, respondeu aos gritos de "vergonha, time sem vergonha" com um gesto obsceno na direção do torcedores que xingavam na parte de fora do estádio Ismael Benigno.

Com a volta do público confirmada para o confronto contra o Ypiranga-RS, neste domingo (17), às 15h (horário local), no estádio Arena da Amazônia, pela terceira rodada do quadrangular, o zagueiro respondeu em entrevista nesta quinta-feira (14), sobre este retorno do torcedor ao estádio.



"A gente sabe que a volta do público é um ânimo a mais, isso nos dar uma alegria muito imensa, mas a gente sabe que se a gente não fizer nosso jogo, a torcida vai ficar contra, aí vai começar a vaiar, protestar, e não estarão errados, estarão certos, mas estamos trabalhando para quando chegar o momento, a gente consiga alcançar o nosso objetivo", afirmou o beque esmeraldino.

Sobre o adversário deste final semana, Luis Fernando frisou que o clube não pode se apoiar nas derrotas recentes do adversário, que perdeu na estreia para a Tombense-MG e foi novamente derrotado na última partida contra o Novorizontino-SP.

"Independente da situação da equipe adversária, se eles ainda não pontuaram ou não, a gente sabe que vai ser um jogo difícil, até porque nesse quadrangular, as equipes são muito qualificadas, elas não classificaram a toa. Creio que vai ser um jogo muito difícil, no qual teremos que fazer nosso dever de casa e não nos interessa o empate, temos que buscar a todo instante a vitória, que isso já nos dar um ar a mais para conseguir esse tão sonhado objetivo, que é o acesso", alertou Luis Fernando.

Pontos para o acesso

Assim como o técnico Evaristo Piza, que apontou para o número "mágico" de 10 pontos, Luis Fernando também falou sobre a pontuação que pode trazer o acesso inédito do clube à Série B do Brasileirão.

"Pra gente chegar nos 10, a gente tem que passar pelos sete, e ele não tá errado, temos que pensar jogo a jogo, primeiro esse jogo contra eles é depois estudar ainda mais o adversário para pegá-los fora, pois isso nos ajuda bastante, o professor passa as informações certas sobre a equipe adversária, e pode ter certeza que vamos fazer um bom jogo para fazer um grande resultado dentro de casa", concluiu. 

Líder do grupo D com quatro pontos e cinco gols de saldo, o Manaus voltará a ter um jogo com presença de público desde o interrompido Barezão 2020, no qual empatou por 1 a 1 com o Nacional, no dia 15 de março. Para este confronto da Série C, 14 mil bilhetes serão disponibilizados para a torcida esmeraldina.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.