Publicidade
Esportes
Deixou escapar

Princesa do Solimões deixa disputa pela liderança e já foca semifinal do Amazonense

Após perder para o Fast, em Manacapuru, time não tem mais chances de chegar a liderança da fase de classificação. 10/10/2016 às 05:00
Show img0017406323
O Tubarão do Norte tropeçou diante do Fast nas duas partidas da primeira fase e abandonou a briga pela ponta. (Foto: Evandro Seixas)
Valter Cardoso Manaus-AM

Princesa do Solimões e Fast entraram em campo no último sábado, respectivamente como vice-líder e líder, ambos buscando encerrar a fase de classificação no topo da tabela, para ter a vantagem no quadrangular final.

Jogando em casa, o Princesa do Solimões não conseguiu superar o Fast e caiu para a terceira posição da tabela, por conta da vitória do Nacional. Peninha marcou o único gol da partida, que deu a vitória ao Rolo Compressor.

Com apenas mais um jogo na competição, o Tubarão do Norte já não tem mais chances matemáticas de avançar para próxima fase com a primeira colocação. Para o treinador do time, Zé Marco, até mesmo a briga pela segunda posição (que também dá vantagem na fase de mata-mata), já ficou em segundo plano nas próximas rodadas.

“Agora é foco total na semifinal, independente de vantagem e de adversário”, analisou Zé Marco, treinador do Princesa.


Próximas rodadas
Na próxima rodada, o Princesa do Solimões folga e o Fast Clube enfrenta o Nacional, último remanescente da briga pelo primeiro lugar do campeonato, na próxima quarta-feira. Na última rodada da fase classificatória, no sábado (15), o Princesa enfrenta o Nacional no jogo que deve definir um dos confrontos da semifinal.

Para o clássico, o Princesa tem os desfalques certos de Hitalo, Lacraia e André Lima. A equipe ainda espera o julgamento de Michell Parintins, expulso contra o Rio Negro, para saber se poderá contar com o jogador para a partida. Mesmo com as baixas no elenco, Zé Marco deve evitar polpar jogadores para a partida.“A ideia é ir com o que a gente tem de melhor”, estacou ele.
 

Publicidade
Publicidade