Publicidade
Esportes
Craque

Seleção amazonense infanto-juvenil conquista acesso à elite nacional

Mesmo sendo a vice-campeã do Brasileiro da 2ª Divisão de Seleções, cujas finais aconteceram sábado, no ginásio Renné Monteiro, no São Jorge, Zona Oeste de Manaus, o acesso foi garantido 19/08/2013 às 09:54
Show 1
Atletas amazonenses conquistaram marca histórica para o Estado
JORNAL A CRÍTICA ---

O vôlei infanto-juvenil amazonense faz parte agora da elite nacional da modalidade. Mesmo sendo a vice-campeã do Brasileiro da 2ª Divisão de Seleções, cujas finais aconteceram sábado, no ginásio Renné Monteiro, no São Jorge, Zona Oeste de Manaus, o acesso foi garantido. A seleção do Pará foi a grande campeã, derrotando o time da casa por 3 sets a 1, com parciais de 25/21, 25/17, 20/25 e 25/15. Na briga pela terceira colocação, o Goiás levou a melhor sobre o Rio Grande do Norte por 3 sets a 2, com parciais de 25/17, 25/21, 24/26, 14/25 e 15/12.

Os três primeiros colocados asseguram vaga à primeira divisão brasileira no próximo ano. Segundo o presidente da Federação Amazonense de Vôlei (FAV), Tadeu Picanço, a derrota em casa para os paraenses acabou ficando em segundo plano, uma vez que a conquista no infanto-juvenil possibilita a volta do Estado a ter destaque no cenário nacional em todas as suas categorias de base. Desde a década de 1970 o vôlei de base não fazia parte da primeira divisão. “Com isso, a partir do ano que vem, poderemos prestigiar nossas seleções atuando com as 12 melhores equipe do País, como Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, entre outras. Isso, além de dar prestigio frente a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), pode garantir uma boa exposição desses meninos e a conquista de novos patrocinadores”, analisou o dirigente.

Picanço avalia que o acesso à elite abre portas para a busca de patrocínios junto a empresas privadas, que ainda são tímidas quando se trata do esporte amador. “Quem apoiar esses meninos, assim como a Prefeitura de Manaus e o governo do Estado, terão sua marca exposta no Brasil inteiro. Isso é muito bom”, declarou o comandante da FAV.

Publicidade
Publicidade