Publicidade
Esportes
FOLGA

Seleção brasileira cancela treino no primeiro dia em Manaus para as Eliminatórias

Por conta do atraso na chegada à capital amazonense, treino que aconteceria hoje pela manhã, no estádio Carlos Zamith, foi cancelado 02/09/2016 às 10:44 - Atualizado em 02/09/2016 às 17:14
Show whatsapp image 2016 09 02 at 04.29.33
Seleção já chegou à cidade durante a madrugada e jogadores terão dia de descanso hoje / Foto: Evandro Seixas
acritica.com* Manaus (AM)

A programação agendada pela seleção brasileira de futebol para esta sexta-feira em Manaus foi toda cancelada. De acordo com informações da Confederação Brasileira de Futebol, o treino que aconteceria no Estádio Carlos Zamith, a partir das 11h, não mais acontecerá. 

O principal motivo foi o atraso na chegada da seleção a Manaus. A equipe deixou Quito ainda na noite de quinta-feira e chegou a Manaus pouco depois das 3h, mais de uma hora depois do horário previsto. Para evitar um desgaste maior dos jogadores, as atividades físicas programadas foram canceladas.

A primeira atividade oficial da seleção em Manaus será o jogo-treino, neste sábado, às 17h, na Arena da Amazônia. No domingo, a seleção treina à tarde, também às 17h, no Carlos Zamith, no Coroado. Segunda, no mesmo horário, o treino será na Arena da Amazônia, palco da partida contra a Colômbia, na terça-feira, às 20h45 valendo pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. 

O cancelamento da atividade frustrou alguns torcedores que esperavam do lado de fora do Hotel Caesars Business, na Avenida Darcy Vargas. Um pequeno grupo se concentrou no local na tentativa de ver as principais estrelas do futebol brasileiro, mas até as 10h30 apenas alguns integrantes da comissão técnica haviam passado pelo local. 

Daniel Costa da Silva, 22 anos, formado em Logística, viu a seleção olímpica na Arena e agora foi para a porta do hotel tentar ver os jogadores. "Não consegui comprar ingresso, vim ver pelo menos a seleção aqui no hotel", disse ele, que não tem um jogador preferido. "O principal hoje é o técnico Tite, ele veio pra ser o camisa 10 junto com o Neymar, para organizar a seleção". Ele aposta num placar de 3 a 0 pro Brasil diante da Colômbia, com dois de Neymar e um de Gabriel Jesus.

*Com informações da repórter Thaíssa Cordeiro

Publicidade
Publicidade