Publicidade
Esportes
GRATUITO

Seleção brasileira enfrenta a equipe do AM na abertura de campeonato de Beach Soccer

Partida que acontece na arena do Centro Cultural dos Povos da Amazônia (Bola da Suframa) abre, oficialmente, jogos da competição. A entrada é gratuita 30/04/2018 às 13:59
Show sem t tulo
(Aguilar Abecassis/Secom)
acritica.com

A Seleção brasileira master enfrenta a seleção amazonense na abertura do Supercampeonato Amazonense de Beach Soccer, a partir das 19h, nesta terça-feira (1º), feriado do Dia do Trabalhador, na arena do Centro Cultural dos Povos da Amazônia (Bola da Suframa), zona sul de Manaus. A entrada será gratuita.

A partida, além de abrir oficialmente os jogos da competição, traz em si a alegria do esporte e vai proporcionar a troca de experiências dos jogadores. Na coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira (30/04), o vice-governador do Estado, Bosco Saraiva, adiantou que esta partida, será mais que um simples jogo.

“Na verdade, o Supercampeonato de Beach Soccer é o início de um projeto de desenvolvimento deste esporte no Amazonas, não só na capital, mas no interior do Estado. Essa seleção brasileira, o júnior Negão, são os símbolos deste esporte no planeta, com históricos fantásticos, e eles, junto com a seleção amazonense, farão de definitivo, a implantação deste projeto de beach soccer no Estado do Amazonas, na partida de abertura desta terça-feira”, pontuou.

O secretário da Sejel, Manoel Almeida, esteve presente na coletiva e informou a implantação do projeto de escolinhas de futebol de areia, que é uma criação da federação e que contará com o apoio do Estado. “O projeto das escolinhas é uma ação que começou na gestão passada, que foi recebido e cuidado com carinho e nós, como somos continuidade da gestão, levaremos adiante com muito esmero. A Fafa já tem o projeto e a ideia é aproveitar esta grande visibilidade do futebol de areia e divulgar as escolinhas. Elas serão tocadas pela Fafa em parceria com a Sejel. Serão, a princípio, 12 escolinhas, sendo duas no interior e as outras 10 em comunidades da capital”, destacou o Manoel.

Amistoso

O jogo de abertura das estrelas brasileiras e manauaras tem grande expectativa pelo público, mas também pelos jogadores amazonenses que enfrentarão seus ídolos na partida. Marquinhos, que faz parte da equipe local e vai jogar nesta terça-feira, não esconde a ansiedade. “Eu estou bastante ansioso para esse jogo. Estamos felizes com o convite de jogar contra a seleção master, eles são nossos ídolos e isso vai ser muito importante para o Amazonas. Nossa seleção está muito boa em formação, bem entrosada. Tenho certeza que faremos uma boa apresentação”, disse marquinho.

O maior artilheiro da história do beach soccer, Neném, lembrou das alegrias que a seleção já proporcionou aos brasileiros e que espera conseguir deixar um legado deste esporte no Estado. “Reunir esses amigos é demais. Já fizemos a alegria de muita gente na época áurea do futebol de areia. Conquistamos muitos títulos e hoje a gente se reúne para esse projeto do master. Será um jogo típico de beach soccer, com essa turma do Amazonas. Nós queremos sempre trazer boas energias, boas inspirações, esperamos conseguir dar essa alegria e disposição para essa turma nova, um legado de futebol e quem sabe eles consigam galgar o mais alto deste esporte, que é usar a camisa da seleção brasileira”, comentou o artilheiro.

Sobre os jogos

No Supercampeonato, 48 equipes vão disputar o título e as partidas terão início às 18h com três duelos por dia. No primeiro dia de evento, que será nesta terça-feira, excepcionalmente, os jogos começarão às 15h45. Ao todo, serão 136 jogos durante 40 dias de competição no coliseu do beach soccer, como é conhecido a quadra de areia montada no Centro Cultural.

Organização

O evento é uma realização do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), em parceria com a Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur) e Secretaria de Estado de Cultura (SEC), e conta com o apoio da Federação Amazonense de Futebol de Areia (Fafa). A entrada será gratuita.

Publicidade
Publicidade