Publicidade
Esportes
PREPARAÇÃO

Seleção brasileira feminina Sub-20 de futsal vence Iranduba por 3 a 2 em amistoso

Em preparação para o Sul-americano da modalidade, o Brasil fez partida na tarde deste sábado (24) em Manaus, na Arena Amadeu Teixeira 25/08/2018 às 21:30
Show whatsapp image 2018 08 25 at 21.17.20 877ca169 b4ef 4391 beec 738a47e68131
(Jair Araújo)
Denir Simplício Manaus

Com direito a virada e defesa de tiro livre no final do jogo, a Seleção Brasileira Sub-20 de Futsal bateu o Iranduba por 3 a 2, na noite deste sábado (25), na Arena Amadeu Teixeira, na Zona Centro-Sul de Manaus. O amistoso entre o time canarinho e o Hulk marca a preparação do Brasil para o Sul-americano da modalidade que acontece em outubro, no Chile.

Com gols de Bia, Ana Luiza  e Vivi - Elisa e Djeni desmontaram para o Hulk - a Seleção Brasileira Sub20 mesmo com atletas recém-convocadas mostrou desenvoltura e deu mostras que pode evoluir bastante até a competição em terras chilenas. Já Iranduba, que não disputava uma partida de futsal há mais de um mês, deu trabalho ao Brasil, mas mira mesmo as oitavas de final do Brasileirão contra o Rio Preto no mês que vêm. 

O jogo 

O Hulk voltava a disputar uma partida de futsal após mais de um mês sem pisar na quadra. Mas o quinteto que iniciou o duelo com a Seleção Brasileira Sub20, que foi dirigido por José Said,  era bem conhecido do torcedor amazonense, com Andréia no gol, Elisa Lopes, Monalisa, Mayara e Djeni. Já o Brasil, comandado por Márcio Coelho iniciou amistoso com Ge, Vivi, May, Bia e Ana Luiza. 

Postado defensivamente, o Hulk se fechou atrás enquanto a Seleção cercava a área da goleira Andreia. Aos 5 minutos, Vivi arrisca de longe e assusta, mas foi Elisa, que no lance seguinte abriu o placar o Hulk. 1 a 0. O Brasil voltou a pressionar e chegou ao empate aos 11 minutos pelos pés de Vivi.

O Iranduba começou a mudar a equipe e aos 15 minutos a Seleção Brasileira Sub20 virou o marcador com Ana Luiza em contra-ataque fulminante.  Antes do final do primeiro tempo, Said volta com o quinteto que iniciou o jogo e consegue a igualdade com Djeni Becker. 

Jogo pegado

Na volta do intervalo, a partida ficou ainda mais pegada, nem parecia um amistoso. Assim como fez na primeira etapa, o Hulk se fechou atrás e aos 5 minutos tentou o bote com Elisa, mas dessa vez foi a Seleção Brasileira que aproveitou o contra golpe com Bia que marcou o gol da virada e da Vitória do Brasil. 

No fim do jogo, após ter estourado o limite de seis faltas, a Seleção Brasileira sofreu pra segurar o placar. Mayara aos 11 minutos teve a chance de empatar, assim como Laura, aos 19, mas a goleira Gê fechou o gol e manteve o triunfo do time canarinho de futsal.

Publicidade
Publicidade