Publicidade
Esportes
Craque

Seleção brasileira quer vitória contra Portugal para fechar o ano de bem com a vida

A um ano da Copa, a seleção brasileira encara mais um amistoso três dias após golear a Austrália por 6-0 10/09/2013 às 10:56
Show 1
Jogadores dão o máximo de si para conquistar uma vaga para a Copa
jornal a crítica ---

O Brasil, liderado por Neymar e em preparação para a Copa do Mundo de 2014, encara em amistoso um Portugal sem Cristiano Ronaldo e mais preocupado com as eliminatórias europeias, nesta terça-feira (10) em Boston, nos Estados Unidos. A um ano da Copa, o Brasil encara mais um amistoso três dias após golear a Austrália por 6-0, com gols de Neymar, dois de Jô, Pato, Ramires e Luiz Gustavo.

Sem os sinais da apatia demonstrada na derrota para a Suíça (0-1) em agosto, a seleção mostrou a mesma qualidade apresentada na Copa das Confederações contra os australianos, que já garantiram presença no Mundial de 2014. Maxwell deverá ser o titular da lateral esquerda na ausência de Marcelo, lesionado. Lucas, que vem perdendo espaço na seleção, pode ser escalado no lugar de Oscar, que ainda é dúvida.

Contra os portugueses, o Brasil conta com o retrospecto positivo (11 vitórias, 2 empates e 4 derrotas) e com o conhecimento de Felipão, que treinou o adversário entre 2003 e 2008. --- Portugal sem Ronaldo ---- Já os portugueses, que não jogam nesta rodada das eliminatórias para a Copa, ainda não estão classificados para o Mundial do ano que vem. Por causa disso, o craque Cristiano Ronaldo será poupado e não jogará contra o Brasil nesta terça-feira. "Ele teve uma semana de tratamento intensivo, ele fez um sacrifício enorme contra a Irlanda e por isso precisa de descanso”, explicou a equipe médica de Portugal após a vitórias por 4-2 sobre a Irlanda do Norte, na última sexta-feira.

Durante a partida disputada em Belfast, o atacante do Real Madrid salvou sua equipe marcando três gols em quinze minutos, virando a partida de 1-2 para 4-2 para os portugueses. Com o resultado, os lusos mantiveram a liderança da Grupo F das eliminatórias, mas com apenas dois pontos de vantagem sobre a Rússia, que tem uma partida a menos. Contra a seleção brasileira, os jogadores de Portugal terão então que se virar sem seu melhor jogador, que passou Eusébio para se tornar o segundo maior artilheiro da seleção nacional com 43 gols, quatro a menos do que Pauleta.

Júlio cesar na copa O técnico Luiz Felipe Scolari afirmou, na tarde de ontem, que Julio César está garantido entre os três goleiros que serão convocados para o Mundial no dia 7 de maio do ano que vem.

Como Julio César decidiu ficar no Queens Park Rangers, da segunda divisão inglesa, e ainda não jogou nesta temporada europeia, o técnico da seleção brasileira tem sido constantemente questionado a respeito. Mas depois de colocá-lo como titular contra Austrália e escalá-lo para o duelo com Portugal, ele o garantiu na Copa.

Ramires e Oscar no meio

Desfalque do amistoso contra a Austrália, no último sábado, em Brasília, o meia Oscar será a novidade da Seleção Brasileira no duelo diante de Portugal.

Em rápida atividade tática de reconhecimento do gramado, o técnico Luiz Felipe Scolari entregou ao jogador do Chelsea o colete de titular. Ele havia sido desfalque por conta de uma entorse no tornozelo direito, sofrida no treino da última quinta. Em relação à equipe do último jogo, Oscar entrará na vaga de Bernard. Com isso, Ramires segue como titular, como um terceiro volante/falso meia.

A organização do amistoso liberou a entrada de cerca de 50 torcedores brasileiros, que puderam acompanhar toda a atividade. Neymar foi um dos mais ovacionados e teve o nome gritado. Alguns torcedores, porém, não tiveram acesso e acabaram barrados no portão principal do Gillette Stadium.

Vale lembrar que, para este duelo, foram cortados por lesão: Fred, Hulk, Daniel Alves e Marcelo - o último machucou-se contra a Austrália, enquanto os outros nem sequer participaram do primeiro amistoso.

O Brasil que enfrenta Portugal terá: Julio Cesar, Maicon, Thiago Silva, David Luiz e Maxwell; Luiz Gustavo, Paulinho, Ramires e Oscar; Neymar e Jô.

Retrospecto

Contra os portugueses, o Brasil conta com uma campanha positiva. São 11 vitórias, 2 empates e 4 derrotas. O técnico Luiz Felipe Scolari conhece o estilo de jogo da Seleção Portuguesa, assim como os jogadores. Entre 2003 e 2008 Felipão treinou o adversário, conquistando o vice-campeonato europeu em 2004.

Publicidade
Publicidade