Publicidade
Esportes
Craque

Seleção brasileira tem sete amazonenses na 4ª Copa do Mundo dos Evangélicos

Os convocados são ex-jogadores de futebol profissional e que tem como objetivo pregar o Evangelho de Cristo através do esporte 01/04/2015 às 19:39
Show 1
Fé e força de vontade não faltam para os jogadores amazonenses evangélicos. Todos os convocados já tiveram passagens por clubes do futebol amazonense
Vanessa Marques Manaus (AM)

A 4ª Copa do Mundo Evangélica de Futebol começa no próximo dia 9 em Portugal e terá a participação de sete jogadores amazonenses convocados para a Seleção da União das Copas Evangélicas do Brasil.

A convocação surgiu após o time amazonense do Missionários da Bola, do qual participam os jogadores, vencer essa seleção brasileira específica em jogo disputado em Manaus em setembro do ano passado.

Os convocados são ex-jogadores de futebol profissional e que tem como objetivo pregar o Evangelho de Cristo através do esporte. O time promove eventos e torneios dentro do Estado relacionados com a igreja e o futebol.

Todos os convocados já tiveram passagens por clubes locais e hoje exercem as mais variadas profissões, como o atacante Luizinho, que já jogou no Fast e no Rio Negro e hoje trabalha com fretes, além de coordenar um projeto social dos Missionários da Bola.

Foto: Lucas Amorelli

Os outros jogadores que embarcam com a seleção para Portugal são o gráfico Fabinho, que atuou no Matsubara do Paraná; o encarregado de cozinha Marinho, ex- volante do América Futebol Clube; o ex-zagueiro e instalador de câmeras de segurança Mauro, que também jogou no América; Arlan “Coxão”, hoje pintor, mas que já foi zagueiro no Nacional; o pastor e goleiro Naldo, que já defendeu a camisa do São Raimundo e; o atacante Genival, com passagens em clubes da Alemanha, Equador e Panamá e atualmente corretor de imóveis.

Os atletas embarcam para o Rio de Janeiro no dia 5, onde se juntarão aos outros jogadores da seleção. Ainda no Brasil, o time que representará o país faz dois treinos recreativos antes de viajar para a competição em Portugal no dia 8 de abril.

Todos os custos com as passagens e hospedagens dos atletas tanto no Rio de Janeiro, quanto em solo português, serão pagos com recursos dos próprios jogadores, que arrecadaram o dinheiros realizando rifas, feijoadas e pequenos torneios em Manaus.

Os torneios, segundo os jogadores, serviram também para ajudar comunidades carentes, onde estão localizados pontos do projeto social desenvolvidos pelo Missionários da Bola. Na última ação, 210 cestas básicas foram doadas a moradores da área carente do Cacau Pirêra, em Iranduba.

Publicidade
Publicidade