Terça-feira, 16 de Julho de 2019
Craque

Seleção Olímpica faz hoje último amistoso na capital do Amazonas contra a seleção haitiana

Equipe que vai lutar pelo inédito ouro nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro se despede de Manaus contra os haitianos, às 18h na Arena da Amazônia



1.jpg Seleção Brasileira fez seu último treino na Arena da Amazônia contra o Haiti
11/10/2015 às 21:47

A Seleção Olímpica se despede de Manaus, na noite desta segunda-feira (12), na Arena da Amazônia com a promessa de bom jogo e muitos gols contra a seleção do Haiti, seguindo o exemplo do ocorrido na última sexta-feira quando a garotada goleou a República Dominicana por 6 a 0. O jogo contra os haitianos será às 18h.

Há pouco mais de seis dias na capital amazonense, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) escolheu a cidade que se tornou “a capital da seleção Sub-23” para impulsionar os jovens jogadores a conquistarem a inédita medalha de ouro nos Jogos Olímpicos Rio-2016.

Com futuras e valiosas promessas do futebol brasileiro e mundial, jogadores como Lucas Silva, Fred, Valdívia, Gabriel Jesus e companhia estão fazendo o torcedor amazonense se animar quanto ao futuro da seleção principal, além da disputa das Olimpíadas.

Independentemente de um adversário sem muita tradição no futebol, como o Haiti, que terá uma média de 700 torcedores imigrantes que moram em Manaus, os jogadores buscam dar o melhor para conquistar uma vaga em 2016.


“Estou acostumado a jogar de titular, mas respeito meus companheiros. Eles jogaram muito bem, quem entrou jogou muito bem. Acho que o Micale (técnico interino da Seleção) está muito bem servido de atacante. Pretendo entrar nos jogos, independentemente do tempo, e mostrar meu futebol”, disse o atacante do Santos, Gabriel, o Gabigol, que entrou no segundo tempo da partida contra a República Dominicana e marcou um gol.

Quem também busca uma vaga na Rio-2016 é o atacante do Grêmio, Luan. O jogador também marcou no último jogo. “Acho que pra gente foi muito bom pelo que o professor Rogério vem pedido pra gente e eu fiquei muito satisfeito pelo que a equipe produziu e foi positivo independente do adversário. Temos que fazer o nosso e independente de adversários mais fortes ou mais fracos. A gente tem que manter o mesmo padrão de jogo”, afirmou.

Último treino na Arena


No último treino na Arena da Amazônia, no final da tarde de ontem, o técnico Rogério Micale fez o que não havia feito desde que a seleção pisou solo manauara: alterações.

No treino que durou mais de duas horas, Micale mexeu nas laterais e iniciou os treinamentos com Wendell, na esquerda e João Pedro, na direita.

O motivo da alteração antes da despedida de Manaus foi revelado por Micale. Em entrevista aos jornalistas, após o jogo contra a República Dominicana, o treinador disse que poderia mexer para testar alguns jogadores. Wendell acabou ficando de fora da partida contra a República Dominicana por causa de uma gastroenterite, assim como Douglas Santos.

João Pedro, que foi chamado por conta do corte do lateral Zeca, teve boa atuação na última partida e ainda deu assistência para o terceiro gol, marcado por Luan. Os goleiros Ederson e Uilson se revezaram na meta do time principal no treinamento em campo reduzido.

Time base

Micale trabalhou com os seguintes jogadores na equipe principal da Seleção Olímpica:  Ederson (Uilson); João Pedro, Rodrigo Ely, Dória e Wendell; Lucas Silva, Fred e Felipe Anderson; Kenedy, Luan e Gabriel Jesus.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.