Publicidade
Esportes
Craque

'Sem mistério': Muricy afirma que o time que encara o Vasco é o mesmo que goleou a Portuguesa

Técnico do Flamengo concedeu entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (12), onde falou da evolução da equipe, clássico em São Januário e o time titular que disputa o Clássico dos Milhões, na casa do Cruzmaltino 12/02/2016 às 11:36
Show 1
Muricy Ramalho diz não ter mistério pro jogo com o Vasco.
ACRITICA.COM Manaus (AM)

Jogo aberto e sem mistério. É dessa forma que o técnico Muricy Ramalho vai pro jogo contra o Vasco, neste domingo (14), em São Januário. O comandante rubro-negro confirmou durante coletiva na manhã desta sexta-feira (12), no CT do Ninho do Urubu, que o time que disputa o Clássico dos Milhões é o mesmo que venceu bem a Lusa carioca, na última rodada do Etadual do Rio.

"O técnico só faz mistério quando tem dúvida e a gente não tem dúvida. Os que iniciaram o jogo acabaram bem fisicamente, então não temos dúvida. O time é o que vem jogando, a não ser que aconteça alguma coisa de última hora", disse Muricy, comentando que o volante Cuéllar, mesmo regularizado, não deve ir pro jogo.

"Ainda vamos conversar com o departamento físico, estamos tendo calma com os jogadores. A pré-temporada dele foi forte, mas ainda falta um pouco. Ele demorou a ser regularizado, ia treinar mais com o grupo, não treinou, então dificilmente vai entrar em campo nesse jogo", disse.

Jogo em "São Janu"

Como o Maracanã está entregue aos cuidados do COI para os Jogos Olímpicos do Rio, o clássico será disputado em São Januário. Muricy diz não haver problema em atuar no local e até elogiou o campo do Vasco. "No Rio não tem estádio, então tem que aceitar. O único estádio com tamanho (para receber o jogo) é o do Vasco. Os times do Rio vão sofrer com isso, é natural. (Clubes) não têm casa. São Januário é estádio bom para se jogar, não tem problema nenhum", confirmou.

Mesmo afirmando não ter problema em atuar no estádio vascaíno, Muricy apontou que o Vasco deve levar vantagem por atuar em casa. "Estão acostumados a treinar, é o campo deles, tudo favorece nesse sentido. Mas dentro de campo não tem favorito, os dois estão jogando bem, estão bem treinados. Mas, sem dúvida, jogar em casa é sempre bom", concluiu. 

Publicidade
Publicidade