Quarta-feira, 03 de Junho de 2020
FUTEBOL

Sem previsão de retorno aos gramados, diretoria do Fast libera todo o elenco

A única renovação é a permanência do técnico Wladimir Araújo para o restante da temporada 2020



show_Plantel_Fast_Clube_FAA165F6-9C83-491F-BC9D-0331AC5E4BAF.jpg Foto: Arquivo/A Crítica
31/03/2020 às 17:18

Desde quando o Ministério da Saúde solicitou que a população ficasse de quarentena como forma de prevenir a proliferação do novo coronavírus, os clubes do Amazonas começaram a saga de mandar os jogadores embora para sua terra natal. Alguns clubes como Fast e Manaus FC mantiveram seus atletas em Manaus. Mas, sem nenhuma expectativa de retorno às competições, o Fast Clube optou por mandar de volta aos seus respectivos lares o restante dos atletas que ainda permancem na capital. 

Em entrevista ao A Crítica, o presidente do Rolo Compressor, Dennis Albuquerque, explicou a decisão de liberar parte do elenco fastiano. "Já viajaram seis atletas, a maioria ainda está em Manaus e o restante vai essa semana, vão começar a voltar para suas casas", afirmou o dirigente. 



Até o encerramento precoce do Barezão deste ano, o Tricolor de Aço ocupava a quarta colocação na tabela geral do Campeonato Amazonense 2020. Vale lembrar que a direção do Fast votou pelo cancelamento do campeonato. 

Além de ainda vislumbrar uma vaga na Série D de 2021, o Rolo Compressor é  um dos representantes do estado no Campeonato Brasileiro Série D desta temporada. Para a competição, que ainda não tem data de início por conta da pandemia do novo coronavírus, o mandatário tricolor revelou como fica o planejamento do time. 

"O planejamento fica meio quebrado, pois não temos uma posição da federação (FAF), nem da CBF. Quando tivermos uma posição, vamos planejar a Série D", disse. 

Renovação

A única renovação divulgada pelo o clube é a permanência do técnico Wladimir Araújo. Nenhum jogador teve contrato renovado até o momento. 

"Única permanência confirmada é a do Wladimir para a Série D. Em termo de jogadores, ficamos na dependência da CBF, dessa situação seja resolvida para a gente tomar as decisões. Por enquanto, nenhum jogador tem contato renovado. Conversei com eles esta semana, no alojamento, e ficou acertado que todos irão voltar para casa e ficar no aguardo", revelou  Albuquerque, que calcula os prejuízos que o Fast Clube estar tendo com toda essa paralisação, onde pegou a todos de surpresa.

"Estamos calculando os prejuízos, que ninguém esperava, mas o advogado do clube está fazendo todos os levamentos para depois sabermos quais serão os prejuízos que o clube terá com essa situação toda" finalizou.

Repórter

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.