Sábado, 22 de Fevereiro de 2020
NO FLORÃO

Sem vencer a três jogos, Penarol encara o Manaus em casa neste domingo (9)

Embate válido pela 5ª rodada do Estadual  marca o reencontro do atacante Nena, hoje no  do Leão da Velha Serpa, com o Gavião do Norte, seu ex-clube



WhatsApp_Image_2020-02-07_at_21.56.10_3A18E9E6-FED1-4746-A940-24D0CD547A9A.jpeg Foto: Denir Simplicio
08/02/2020 às 12:01

Sem vencer a três jogos no Barezão, o Penarol encara o vice-líder Manaus FC neste domingo (9), às 15h30, no estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara, distante a 270km de Manaus. O embate válido pela 5ª rodada do Estadual  marca o reencontro do atacante Nena, hoje no  do Leão da Velha Serpa, com o Gavião do Norte, seu ex-clube.  

Atualmente vestindo a camisa 9 do ‘Azulão Itacoatiarense’, Nena, tem uma relação de amor e ódio com o time esmeraldino. Em 2018, o jogador passou pelo Manaus FC onde atuou em 25 partidas, marcou 10 gols e foi campeão amazonense na época.



Apesar da boa média de atuação no esmeraldino, uma partida marcou de forma nem tão memorável a passagem de Nena pelo clube.  Em jogo da Copa do Brasil, o atacante  desperdiçou pênalti que daria a vitória e a classificação inédita do ‘Verdão da Capital’ à segunda fase do torneio. No fim, a partida terminou empatada em 2 a 2 diante do CSA, que avançou na competição.

No reencontro com a  ex-equipe, Nena rechaçou qualquer sentimento especial para o duelo deste domingo com o  Manaus.

“A sensação de enfrentar o Manaus é como enfrentar qualquer  outra equipe também. Eu passei por ali, tive uma grande campanha com o Manaus, mas agora estou aqui no Penarol, e acho que a sensação de jogar contra ele é como de jogar contra outro, e  espero que a gente saia vencedor”, afirmou o centro-avante de 38 anos de idade.

Ocupando a 5ª colocação na tabela , com 4 pontos,  o Leão da Velha Serpa tenta se recuperar de revés sofrido frente ao Amazonas FC, na última rodada. Resultado que deixou o “Leão de Ita” uma posição acima da zona de rebaixamento.  Nena afirmou que é preciso aproveitar o fator casa visando sair dessa situação.

“Dentro de casa a gente quer sempre vencer, sempre buscar o melhor. E vamos tentar buscar a vitória e dar alegria pra torcida, que é o que a gente precisa:  de vitórias, e vamos atrás delas”, afirmou. 

Mescla esmeraldina

Buscando voltar a liderança da tabela, o Manaus FC faz o primeiro confronto no interior do estado no Barezão deste ano. Mas para o treinador Welington Fajardo é hora de rodar o elenco para esses compromissos e evitar problemas futuros.

“Eu gostaria de rodar mais o elenco porque a gente vem num acúmulo de jogos”, afirmou o treinador do Gavião preocupado com possíveis baixas no elenco por conta de lesões. “Porque no final das contas, nós temos que tomar cuidado na minutagem de cada atleta, até porque lá na frente pode haver um desgaste. A gente fica preocupado com lesão, com alguma coisa que atrapalhe”, ponderou Fajardo.

Vale lembrar que o Manaus tem jogo decisivo na quarta-feira (12), na Arena da Amazônia, pela Copa do Brasil, quando enfrenta o Coritiba pela primeira fase do torneio.

News 48367672 1136721996505445 2342939255929569280 n 2dad860c 0057 4e2e b7f5 f53181960f2f
Repórter do Craque
Jornalista formado na Ufam, campus de Parintins. Estudante de pós-graduação em jornalismo esportivo na Universidade Estácio de Sá. Repórter do Caderno de Esporte ‘Craque’ de A Crítica desde novembro de 2018.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.