Quarta-feira, 19 de Fevereiro de 2020
FIM DE TABU!

Sem vencer em ‘casa’ há quase três anos, São Raimundo quer por fim em tabu

Última vitória do Tufão da Colina foi comemorada em casa pelos 'bucheiros' na goleada de 5 a 2 diante do Nacional Borbense no ano de 2016 do estadual



zCR0428-04_p01__2__1D77C035-66D7-4E15-9F4A-9B1ACE776C7B.jpg Foto: Divulgação/ São Raimundo EC
28/01/2020 às 07:30

No sábado (25), o São Raimundo quebrou um jejum de quase dois anos sem vitórias na elite do futebol baré. O gol de Luan colocou um fim no incômodo tabu, mas nada que se compare ao que alguns torcedores já chamam de a “Maldição da Colina”.

Isso porque o Tufão não vence em sua casa na Série A do Amazonense há exatos 1.224 dias. São quase três anos e meio desde que o torcedor ‘bucheiro’ comemorou a goleada sobre o Nacional Borbense (5 a 2), no longínquo 21 de setembro de 2016. 



Na ocasião, Americano (duas vezes), Marcelinho Araxá (hoje no Nacional), Marinelson e Marinho (ambos aposentados) marcaram pro São Raimundo, no jogo válido pela 7ª rodada daquele certame, que foi vencido pelo Fast Clube. Coincidentemente, o o adversário desta noite no Ismael Benigno. 

De lá pra cá foram 14 jogos no estádio que já foi o ‘caldeirão’ do São Raimundo. Desses duelos  - a partir da vitória sobre o Naça Borbense -, outros três foram em 2016,  nove jogos em 2017 (ano do primeiro rebaixamento do Tufão) e apenas dois em 2018, quando o time colinense subiu e caiu na mesma temporada.

Vale lembrar que, por conta de uma punição ao Fast Clube, o duelo entre o Tricolor e Tufão, válido pela Série A  de 2018, foi levado pro estádio Gilberto Mestrinho, em Manacapuru. Lá, o São Raimundo venceu por 1 a 0.
Pela Série B, a vitória mais recente do Tufão na Colina aconteceu em novembro passado, quando o Mundico goleou o Tarumã por 5 a 1.  

Duelo tenso

A rivalidade entre Tufão e Rolo Compressor é grande tanto dentro como fora do gramado. Pelo Barezão de 2016, três expulsões em campo e  briga de torcidas fora da Colina mancharam o clássico. Pior ocorreu em 2012, quando torcedores dos dois times travaram ‘batalha campal’ na Alameda Cosme Ferreira, após o término de uma partida no estádio do Clube do Trabalhador do Sesi.   
 

News denir 5aee6cdd 1d6a 4786 8dc7 d70985711b16
Editor de Esportes
Jornalista formado na Uninorte em 2010. Entrou para a equipe de A Crítica em 2014, como repórter para a Copa do Mundo no Brasil. Atualmente é editor do caderno de esportes, o Craque, onde segue na luta pela divulgação do esporte baré.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.