Publicidade
Esportes
BEACH SOCCER

Semifinais do Supercampeonato de Beach Soccer ocorrem nesta terça (5) em Manaus

Competições acontecem no Centro Cultural Povos da Amazônia, a partir das 19h30. A final acontece nesta quarta (6), no mesmo local 05/06/2018 às 15:33
Show 998
Foto: Divulgação
acritica.com

O Supercampeonato de Beach Soccer está chegando ao fim e quatro equipes irão disputar na noite desta terça-feira (5), a partir das 19h30, as semifinais da competição no Centro Cultural Povos da Amazônia (Bola do Suframa), Zona Sul de Manaus.

O evento é uma realização do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), em parceria com a Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur) e Secretaria de Estado de Cultura (SEC), e conta com o apoio da Federação Amazonense de Futebol de Areia (Fafa).

Para iniciar os confrontos, a equipe Nova Geração enfrenta o Área Verde. A segunda partida será decidida entre os times Praça 14 e Papão. A grande final do Supercampeonato de Beach Soccer será realizada na quarta (6), a partir das 19h30, no Centro Cultural Povos da Amazônia.

Noite de jogos

Entre as equipes que competiram nesta segunda-feira (4), no Centro Cultural Povos da Amazônia, estavam Estrela do Norte, Nova Geração, Área Verde, Silves, Unidos do Zumbi, Praça 14, São José Operário e Papão.

A primeira partida da noite foi bastante acirrada e mostrou o quanto os times Estrela do Norte e Nova Geração estavam brigando pela vaga na semifinal da competição. Com um placar de 2 a 2, o duelo foi para a prorrogação e quem levou a melhor foi a equipe Nova Geração, que marcou um gol no tempo estendido. Placar final de 3 a 2. No segundo jogo, mais emoção e chuva de gols com as equipes Área Verde e Silves. Após várias finalizações e belas jogadas, o time Área Verde venceu o adversário por 7 a 5.

Mais um empate no tempo regular em 3 a 3, dessa vez para as equipes Praça 14 e Unidos do Zumbi. Na prorrogação, fortes emoções e, nos últimos 25 segundos, gol do Praça 14, que sacramentou sua classificação. Com o São José Operário e o Papão não foi diferente. As equipes mostraram técnica e qualidade nas jogadas, em uma partida muito disputada, onde o vencedor, por 2 a 1, foi o Papão, que garantiu a última vaga para a semifinal do campeonato.

Estrela do Norte

Com apenas 17 anos, o goleiro Vinícius Silva, da equipe Estrela do Norte, realizou grandes defesas para a equipe, mas precisou sair da partida por conta de uma contusão. “Infelizmente me machuquei e tive de sair em um momento crucial. Não obtivemos a classificação, mas ainda teremos muitos campeonatos pela frente e estarei disposta a ajudar minha equipe e dar o melhor de mim como sempre fiz”, afirmou.

Vitória em família

Jogador da primeira equipe semifinalista da competição, Rodson Costa, de 23 anos, mais conhecido como ‘Pedra’, disse que seu time tinha consciência de que a partida seria difícil.

“Nossa equipe joga há bastante tempo e nosso goleiro nos convidou para participar do Supercampeonato, que é uma competição boa e de qualidade. Fizemos vários jogos, mas este era um dos mais aguardados, pois sabíamos da qualidade do adversário. Estávamos perdendo por 2 a 1 e, faltando apenas nove segundos para acabar a partida, meu irmão, Rodney Fabrício, o ‘Jacaré’, conseguiu empatar e fomos para a prorrogação. Neste momento sabíamos que era ‘matar ou morrer’ e, graças a Deus, fui honrado com um gol, quase ao fim do jogo e nossa equipe ficou classificada para as semifinais”, destacou.

Publicidade
Publicidade