Publicidade
Esportes
Peladão origens

Sempre em campo, Leonardo FC jamais ficou de fora de uma edição do Peladão

A história do time da rua Leonardo Malcher, no Centro de Manaus, se confunde com a da própria competição que nesta temporada completa 45 anos de existência 29/09/2017 às 20:41 - Atualizado em 29/09/2017 às 21:03
Show lfc
Torcida do LFC é empolgante e ainda engrossa a do 3B no Barezão Feminino (Foto: Antônio Lima)
Denir Simplício Manaus (AM)

A história do Leonardo Futebol Clube se confunde com a do próprio Peladão. Fundado pelo saudoso  Geraldo Carneiro, carinhosamente conhecido como Geraldinho, o time da rua Leonardo Malcher, no Centro de Manaus, disputa o maior campeonato de peladas do mundo desde sua primeira edição, em 1973.

Sempre na categoria Principal, o LFC carrega nos seus primórdios as raízes do Peladão, quando o desfile dos times acontecia na avenida Eduardo Ribeiro, no Centro, ainda no século passado. Atualmente presidido por Márcio Carvalho, 45, o Leonardo mantém a tradição e mais uma vez marca seu nome no campeonato.

“No início, jogávamos no campo atrás do antigo C.O. da Silves, no bairro da Raiz. As dificuldades naquela época eram todas possíveis, principalmente o transporte”, recorda Márcio Carvalho lembrando que, apesar do LFC nunca ter sido campeão, a equipe se orgulha de nunca ter “faltado” a um Peladão.

O Leonardo chegou a desfilar na Eduardo Ribeiro (Acervo Pessoal)

“O que nos motiva a participar todos os anos é o reencontro dos amigos. Como não temos incentivos financeiros de ninguém, vivemos de cota entre amigos, buscando melhorias ano a ano, tanto na organização quanto nas pretensões dentro da competição”, afirmou o dirigente. 

De uniforme parecido com o do argentino Boca Juniors,  o LFC usou o verde na edição de 2016, o que não agradou a “ala tradicional” do time, que exigiu o retorno das cores originais nesse ano. “As cores sempre foram amarelo e azul. Ano passado fizemos na cor verde, mas como a velha guarda nos cobrou as cores amarelo e azul, atendemos o pedido deles”, enfatizou o dirigente.

De tão bonita, a camisa do LFC é objeto de desejo dos rivais. “Até vender a camisa do time já estamos atendendo pedidos”, revelou Márcio.

Rainhas do LFC já brilharam no Peladão (Acervo Pessoal)

Com total apoio dos moradores do bairro, a rua Leonardo Malcher é berço de outro gigante do Peladão, o 3B, que nessa temporada está disputando o Barezão Feminino. No último sábado (23), ambos os times estava em campo. Enquanto o LFC vencia na sua estreia no Peladão, o 3B batia o Iranduba, na Arena da Amazônia.

O curioso é que a torcida do LFC engrossou a do 3B e empurrou o time da Leonardo em sua primeira vitória no Estadual.

Publicidade
Publicidade