Publicidade
Esportes
Craque

Série D é encarada como foco principal do Nacional

O técnico Léo Goiano, deixou claro nesta quinta-feira (22) no CT Barbosa Filho, Zona Leste, que a equipe vai priorizar a Série D do Campeonato Brasileiro 23/08/2013 às 09:47
Show 1
Goiano disse que o grande objetivo do Nacional no ano do centenário chama-se Série D
AUGUSTO COSTA ---

A derrota por 2 a 0 para o Vasco da Gama, pelo primeiro jogo das oitavas-de-final, no estádio Roberto Simonsen, em Manaus, pode ter sido o fim das pretensões do Nacional na Copa do Brasil. O técnico Léo Goiano, deixou claro nesta quinta-feira (22) no CT Barbosa Filho, Zona Leste, que a equipe vai priorizar a Série D do Campeonato Brasileiro.

Goiano não descartou a possibilidade do Leão da Vila Municipal jogar com o time reserva contra o Vasco na partida de volta em São Januário, no dia 29, quando terá que vencer por três gols de diferença para conquistar a classificação.

Ele disse que o grande objetivo do Nacional no ano do centenário chama-se Série D. Por isso, deve avaliar com inteligência as prioridades do clube e, se for preciso tomar decisões que não agradem a todos, ele vai tomar.

“Não sou hipócrita. Existem alguns profissionais que enganam o torcedor usando a paixão das pessoas. Jogamos uma partida glamurosa contra o Vasco, e temos outro jogo na quinta-feira, mas na sequência dependendo das circunstâncias teremos que fazer uma viagem terrível para um jogo decisivo pela Série D que decide a vida do Naça no centenário. Eu não diria que vamos poupar jogadores, mas criar uma alternativa pensando nos principais objetivos da instituição”, afirmou o treinador nacionalino.

Goiano pés no chão

Questionado sobre a possibilidade do Nacional jogar contra o Vasco com o time reserva, Goiano admitiu que tudo é possível.

“Sabemos que é praticamente impossível um time da Série D ganhar a Copa do Brasil. No meu trabalho não tem jogador reserva. Temos o time A e B. O goleiro Jairo é importante, o Amaral está num bom nível, o Danilo Rios e por aí vai. Temos um elenco competitivo”, afirmou Goiano, bem na base da sinceridade.

Publicidade
Publicidade