Publicidade
Esportes
Iranduba

Iranduba adota sistema de rodízio de jogadoras para fortalecer elenco

"Nós temos feito desta forma para que todas estejam prontas e já com minutos de jogos durante a competição", explica o treinador Adilson Galdino 22/05/2018 às 21:52
Show zcr032201 p01  2
Foto: Evandro Seixas
Camila Leonel Manaus (AM)

No jogo contra o São Francisco, a arqueira titular do Iranduba foi Maike. Não, não havia nada de errado com Rubi. A escolha foi parte de um rodízio de jogadoras proposto pela comissão técnica do time.
De acordo com as goleiras do Hulk, as informações sobre o rodízio foram passadas ainda na pré-temporada pela comissão.

“A Comissão havia passado isso para nós antes da estreia na competição e vejo isso com bons olhos até porque estamos treinando muito bem e independente de quem for jogar, tenho certeza que vai fazer um bom trabalho”, disse a goleira Maike, que já atuou como titular no Iranduba em 2016. “Tive a experiência de atuar como titular e voltar atuar como titular no último jogo, foi muito prazeroso”, completou. 

De acordo com o técnico Adilson Galdino, o rodízio é “para o bem da equipe” e não se limita apenas às arqueiras. O sistema abrange todos os setores do campo e todas as 28 jogadoras que compõem o plantel.

“Não é somente as goleiras, mas o grupo todo. Nós temos feito desta forma para que todas estejam prontas e já com minutos de jogos durante a competição para que no momento oportuno, caso venha precisar, todas estejam em condições de poder atuar e ajudar a nossa equipe”, explicou o técnico.

Um das necessidades para essa rodagem do grupo se dá principalmente em casos de suspensão ou de lesões, fatores que podem causar desfalques na equipe ao longo da competição. “Nós só temos a ganhar principalmente lá na frente quando eu vou precisar fazer mudanças por causa de cartões ou algo que venha sair de uma das meninas e quem for entrar tem que estar em condições”, afirmou Galdino. 

Seja por suspensões e problemas com a regularização de jogadoras ou mesmo pelo rodízio, o técnico não repetiu o time em nenhuma das quatro rodadas. As únicas jogadoras que entraram como titular em todos os jogos foram Amanda Bruner, Giselinha e Mayara.

Na quinta rodada do Brasileirão Feminino, o Hulk recebe o São José, às 20h desta quarta-feira (23), na Arena da Amazônia.
 

Publicidade
Publicidade