Sexta-feira, 15 de Novembro de 2019
Craque

Só diplomados darão aula de Educação Física em Manaus

O plenário da CMM considerou o projeto, obrigando todas as escolas municipais, estaduais e privadas a contratarem professores habilitados a partir de 2013



1.jpg Plenário da CMM: Aprovação unânime também beneficia alunos
19/12/2012 às 10:00

Em agosto de 2012, o Conselho Regional de Educação Física da 8ª Região (CREF 8ª) entregou à Câmara Municipal de Manaus (CMM) o projeto de lei que dispõe sobre a obrigatoriedade da formação em curso superior de Educação Física para a professores que ministram aula a partir do 1º ano da educação infantil ao 5º ano do ensino fundamental no Estado.

Vetado pela Procuradoria Geral do Município, o projeto entrou em votação nesta terça-feira (18), e, por unanimidade, o plenário da Câmara Municipal de Manaus considerou o projeto, obrigando todas escolas municipais, estaduais e privadas a contratarem professores habilitados a partir de 2013.



No Brasil, de acordo com a Lei de Diretrizes Básicas de Educação (LDB), o nível superior é exigido apenas para dar aula a alunos dos anos finais do ensino fundamental e do ensino médio, contando a partir das 6ª série. Na iniciação escolar, é aceitável que as aulas sejam dadas por um professor titular formado em Pedagogia, sem formação específica.

“A gente conseguiu contar com a sensibilidade de todos os vereadores e pôde comemorar mais essa conquista. Sabemos que essa lei é necessária devido o  aumento de obesidade das crianças, devido ao número de criança sedentárias e o baixo número de pequenos realizando atividade física. Esperemos, agora, reverter todos esses casos”, considerou o presidente do CREF 8ª, Jean Azevedo, ao afirmar que somente em 2012 foram registrados a entidade 400 professores.os mandantes.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.