Publicidade
Esportes
Craque

‘Só quem jogou sabe’, diz autor dos gols da última vitória do Galo sobre o Naça, há dez anos

Em comum com o time de hoje, o Rio Negro de 2006 também era modesto e formado por jogadores da terra 26/02/2015 às 15:17
Show 1
Fábio Marcus comandou a última vitória do Galo em cima do Nacional
Denir Simplício ---

Rio Negro e Nacional se enfrentam hoje às 20h no estádio da Colina pelo encerramento da primeira rodada do Campeonato Amazonense de 2015. O Barriga Preta estreia no Barezão tentando quebrar uma marca histórica. Há nove anos o clube não sabe o que é vencer o seu maior rival, o Nacional.  

Responsável direto pela última vitória do Rio Negro em um Rio-Nal, em 2006, o ex-atacante Fabio Marcus relembrou o triunfo diante dos rivais nacionalinos.

“Lembro bem daquele jogo. Nosso time era só prata da casa. Hoje os caras só dão moral pra quem vem de fora”, recordou o ex-jogador relembrando que abriu o placar e, depois do empate do Naça, fez o gol da vitória.

“Fazia dupla com Marinelson no ataque. Sempre fui rionegrino desde pequeno. Só quem torce pro Rio Negro sabe o que é isso. Vencer o Nacional não tem preço”, explicou o ex-atacante recordando do amigo e vizinho que hoje veste a camisa do Princesa do Solimões.

Fábio Marcus foi vice-artilheiro do Campeonato Amazonense daquele ano, com 12 gols, ficando atrás de Delmo, do São Raimundo.O ex-carrasco do Leão da Vila Municipal nem sabia que o clássico aconteceria hoje e assim que soube fez questão de avisar que estará nas arquibancadas da Colina para torcer pelo Galo.

Números e histórias do clássico

Este será o Rio-Nal de número 176 em toda a história do confronto, que tem o Naça como maior vencedor. São 69 vitórias nacionalinas, enquanto o time Barriga Preta saiu vencedor em 44 oportunidades, e em outros 62 jogos o duelo terminou empatado.O último duelo entre Leão e Galo ocorreu no dia 16 de fevereiro de 2013, no estádio do Sesi, e o time azulino venceu por 2 a 0. Na ocasião, os gols foram marcados pela dupla Felipe e Charles, que hoje atua no Rolo Compressor.

Se os nacionalinos ainda tem viva na memória o derradeiro triunfo diante do Rio Negro, o mesmo não pode ser dito em relação aos rionegrinos.Já se vão quase dez anos que o Galo da Praça da Saudade não vence um Rio-Nal. A última vitória Barriga Preta aconteceu no dia 22 de janeiro de 2006, no extinto estádio Vivaldo Lima.






Publicidade
Publicidade