Publicidade
Esportes
Panos quentes

'Só um mal entendido', Americano minimiza discussão com Alberone

Atacante, que é o artilheiro do São Raimundo no Barezão, trocou farpas com o treinador do Tufão ao ser substituído durante partida contra o Rio Negro 13/10/2016 às 14:20 - Atualizado em 13/10/2016 às 14:28
Show ijij
Americano e Alberone discutiram feio após o treinador trocar o camisa 9 por Marinho (Foto: Denir Simplício)
Denir Simplício Manaus (AM)

A derrota para o Rio Negro, na tarde desta quarta-feira (12), deixou o clima quente no banco de reservas do São Raimundo. No decorrer do jogo que levou o Tufão à quarta derrota em cinco jogos no campenato, o técnico Alberone e o atacante Americano discutiram feio após o comandante do Mundico sacar o camisa 9 do jogo contra o Galo. Com os ânimos mais calmos, o artilheiro do time celeste no Barezão amenizou a questão.

"Só um mal entendido mesmo. Porque ele achou que eu não queria sair", explicou o atacante lembrando que o São Raimundo teve várias chances de conseguir a classificação à semifinal do Amazonense e deixou escapar. "Nós tivemos quatro jogos para classificar e as coisas não aconteceram da forma como esperávamos", pontuou o centroavante.

Com 6 gols no Barezão, Americano é esperança de gols na partida decisiva do Tufão contra o Borbense no próximo sábado (15), às 15h30, no estádio Jabotão, em Borba (distante 151 quilômetros de Manaus). A partida é válida pela 14ª e última rodada do campeonato, mas a vitória não garante o Mundico na fase seguinte do torneio, como lembra o camisa 9 do São Raimundo.

"Temos que fazer a nossa parte. Temos a obrigação de vencer e torcer para o Fast”, disse o artilheiro do Tufão. Com 10 pontos no campeonato, o São Raimundo precisa vencer o Naça Borbense fora de casa e ainda secar o Rio Negro contra o Fast em partida que acontece no sábado, às 16h, no estádio do Sesi, na Zona Leste da capital.

Publicidade
Publicidade