Publicidade
Esportes
Craque

Sonnen quer 'The Spider' em seu time para o próximo TUF

Após toda a polêmica envolvendo os dois lutadores, o americano afirmou que considera Anderson um dos melhores lutadores de todos os tempos e que gostaria de ter o brasileiro ao seu lado, formando sua equipe de treinadores 25/10/2013 às 16:48
Show 1
Será que Anderson irá aceitar o convite para se juntar ao time Chael Sonnen no TUF Brasil?
Bruno Strahm Manaus (AM)

Chael Sonnen quer ninguém menos que seu antigo desafeto Anderson Silva como parte de sua equipe de treinadores para a próxima edição do The Ultimate Fighter Brasil (TUF), contra o time de Wanderlei Silva. O lutador falou em público pela primeira vez sobre sua participação no programa durante uma entrevista nesta sexta-feira (25) em Manchester na Inglaterra, onde acontece o UFC Fight Night no próximo sábado (26).

Aparentemente, os dias de declarações polêmicas e ofensas direcionadas ao brasileiro são coisas do passado para o norte-americano. Em uma longa conversa com jornalistas britânicos, o lutador falou também com o site especializado MMA Crazy e disse que considera Anderson como companheiro de time, mas que acha difícil pela relação que o ex-campeão dos médios tem com Wanderlei Silva, o técnico concorrente de Sonnen.

“Foi um dos primeiros nomes que pensei em chamar. Não seria por mim, ou por ele (Anderson), mas pelos jovens que estão tentando entrar no UFC. Seu conhecimento sobre o esporte é tremendo, assim como sua habilidade em se comunicar na língua (português)”, disse Sonnen, que ainda ponderou, afirmando que “ele tem um relacionamento antigo com Wanderlei, então é improvável que aceite, mas isso não significa que não tentarei chamá-lo”.

Sonnen defendeu seu estilo provocativo de ser afirmando que é um lutador e precisa conseguir lutas relevantes para continuar na ativa. "Para conseguir trabalho, qualquer trabalho, é preciso antes passar por uma entrevista de emprego. É por meio da conversa que se consegue o que quer. Eu não vou pedir desculpas às pessoas por falar o que eu falo", Sonnen comentou no seu melhor estilo.

Mesmo querendo Anderson em seu time, Sonnen ainda não aceita o resultado dos dois últimos combates entre os dois e estaria disposto a enfrentar o brasileiro pela terceira vez se tivesse oportunidade. "Eu bati tanto nele na primeira luta que o árbitro ficou chocado com o que estava vendo e não parou a luta quando devia. Eu o acertei mais de 300 vezes, ele só me atingiu 11! Na segunda luta eu escorreguei, ele não me aplicou um knockdown.  Simplesmente não aceito o resultado das duas derrotas".

Anderson Silva x Chris Weidman

O lutador ainda seu sua opinião sobre a revanche entre Silva e Weidman quando questionado por um repórter. Sem titubear, Sonnen escolheu o compatriota como vencedor do segundo encontro entre os dois, marcado para o dia 28 de dezembro deste ano.

“Na história, em nenhum esporte de combate a revanche favoreceu o lutador mais velho. Existe uma diferença de 10 anos entre os dois. Seria incrível se o Anderson Silva conseguisse vencer esta luta. Silva é um lutador muito inteligente, muito habilidoso e muito experiente. Só acho que ele não queira mais estar lá (no octógono). Ele disse que queria parar após sua derrota, e eu acredito nele”, comentou.

No entanto, de acordo com Sonnen, uma nova derrota para Weidman não apagaria o legado de Anderson no MMA, afirmando que o brasileiro será lembrado como ‘um dos maiores lutadores do esporte’. Dá para acreditar?


Publicidade
Publicidade