Quinta-feira, 18 de Julho de 2019
Integração

Sopão tradição do Peladão é servido aos colaboradores da Rede Calderaro

Para o coordenador-geral do Peladão, Arnaldo Santos, o principal objetivo da iniciativa é reunir todas as classes culturais. "O peladão não tem discriminação de classe social", disse



HUM-AA248.JPG Fotos: Aguilar Abecassis
22/12/2016 às 18:25

O tradicional “Sopão do Peladão” foi servido na tarde desta quinta-feira (22), aos colaboradores e funcionários da Rede Calderaro de Comunicação (RCC) como forma de integrar e comemorar, assim como é em campo, o sucesso e realização do maior campeonato de peladas do mundo. 

Para o coordenador-geral do Peladão, Arnaldo Santos o objetivo da iniciativa, é reunir todas as classes culturais. “O sopão do peladão nasceu de uma pesquisa que nós fizemos nos arredores da nossa sede, no Centro. Nós vimos muitas crianças, muitas pessoas sem ter o que comer em pleno natal. Então nos reunimos e criamos o sopão do peladão”, conta Arnaldo, que horas antes de participar do serviço, esteve na redação de A Crítica para escolha da rainha e bobo da corte do Peladão, além de cumprimentar os jornalistas da Rede. 

Além dos legumes e da carne, o principal tempero do sopão é deixar as pessoas realizadas. Prova disso é a dona Maria Domingas, 62, uma das cozinheiras. "Eu me sinto realizada e gosto muito de participar desse momento", define ela. O assistente administrativo Sergio Paulo Fernandes, 54, que cozinha especialmente para o Sopão concorda. "Cozinho para o Sopão há 11 anos, sendo oito deles especialmente para a RCC e me sinto realizado", conta.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.