Publicidade
Esportes
Túnel do tempo

Com 'Duelo dos Leões' e 'final do Barezão de 99', o sábado é dos craques na Arena

Ex-jogadores de Nacional e Remo entram em campo neste sábado (19) para amistoso beneficente; com direito a preliminar entre São Raimundo e Rio Negro, a entrada para os jogos custa 1 quilo de alimento não perecível 18/08/2017 às 17:24 - Atualizado em 19/08/2017 às 09:59
Show a
Feras do passado de Nacional e Remo, além de Tufão e Galo, estarão em campo (Foto: Mauro Neto/Sejel)
Denir Simplício Manaus (AM)

Chegou a hora do “torcedor raiz” fazer a festa e matar a saudade dos grandes ídolos do passado. Ex-jogadores das décadas de 1970 e 1980  de Nacional e Clube do Remo entram no gramado da Arena da Amazônia, às 17h de hoje, para um verdadeiro desfile de craques no “Duelo dos Leões” dos veteranos.

Porém, antes do clássico entre o Leão da Vila Municipal e o Leão Azul de Antônio Baena, o torcedor amazonense vai dar um mergulho no tempo do futebol Baré e reviver a final do Barezão de 1999. Em um reencontro pra lá de especial, sãoraimundenses e rionegrinos vão vibrar com o confronto entre São Raimundo e Rio Negro Máster.

Com início previsto para às 15h30, a  partida entre Tufão da Colina e Galo da Praça da Saudade será a preliminar de Nacional e Clube do Remo e  reunirá ídolos como Delmo, Jeremias, Reginaldo, Garanha, Zé Rebite, Luíca, Guará, Donizete, etc.

Encontro de gerações

Com entrada custando apenas um quilo de alimento não-perecível, a rodada dupla de emoções no futebol também marca o reencontro de feras do quilate de Patrulheiro, Mesquita, Nildo, Dadinho, Paulo de Tarso, Marinho Macapá, Sérgio Duarte, Rildo, Murica, Jason, Fernandinho, Armando Falcão do Norte, Bendelack, entre outros.

“O Bendelack já chegou e até treinou com a gente ontem”, revelou Armando, do Falcão do Norte, falando sobre a expectativa para a partida de logo mais.

“Pra nós é uma satisfação muito grande voltar a jogar num estádio maravilhoso que é a Arena Vivaldo Lima (Arena da Amazônia). Além de rever nossa torcida e rever os amigos. Queremos mostrar que ainda podemos dar alguma coisa em relação ao futebol, até porque nós estamos disputando um campeonato aqui e não estamos tão parados”, analisou Armando afirmando que será emocionante também rever os rivais do Leão paraense.

“Nós jogamos muito contra eles e eram jogos bastante disputados. A rivalidade sempre vai continuar porque Belém... Pará, Amazonas sempre tiveram boas disputas e bons jogos e tenho certeza que a torcida vai gostar bastante”, avaliou o ex-atacante do Nacional. Os portões da Arena da Amazônia serão abertos às 14h30 para ambos os jogos. Todos os alimentos arrecadados no evento serão revertidos para instituições de caridade do Fundo Social do Governo do Estado.

Publicidade
Publicidade