Publicidade
Esportes
Rivalidade à vista

Fast Clube recebe Princesa na Arena para deixar 2015 no passado

Eliminado nas semifinais do Barezão do ano passado pelo Tubarão, o Rolo Compressor só quer manter a invencibilidade e chegar aos 12 pontos no campeonato 14/09/2016 às 09:00 - Atualizado em 14/09/2016 às 09:25
Show th
Tricolor de Aço ainda não tomou gol na competição e venceu os três confrontos que teve até aqui. (FOTO: Antônio Lima)
Denir Simplício Manaus (AM)

Fast Clube e Princesa do Solimões fazem, hoje, às 18h, a abertura da 5ª rodada do Campeonato Amazonense com a mesma rivalidade que marcou os duelos entre ambos na temporada passada. Eliminado nas semifinais do Barezão de 2015 pelo Tubarão do Norte, o Rolo Compressor - invicto e líder do torneio, ao lado no Nacional - quer aproveitar a boa fase, alcançar a quarta vitória seguida e, de quebra, se vingar do revés sofrido no ano passado.

Apesar de negar o clima de revanche, o técnico João Carlos Cavalo sabe da importância de vencer o Princesa. “É outro campeonato e outro momento também. As duas equipes estão brigando numa fase de classificação e vamos procurar manter um bom nível de jogo... manter o equilíbrio. Nós temos uma pequena vantagem frente ao Princesa, que nesses três jogos fizemos nove pontos”, ponderou.

Ficou no passado

Expulso na partida que culminou na eliminação do Tricolor no ano passado, o atacante Charles quer esquecer aquela partida e disse estar em nova fase. “Lembro bem daquele jogo, onde até os 38 minutos do segundo tempo  tava 0 a 0 e o placar colocava o Fast na decisão. Acabou que num lance acabei sendo expulso, o que acabou prejudicando a equipe do Fast, onde até hoje sou cobrado por isso. Mas hoje é uma nova fase, estamos em 2016 e espero ser totalmente ao contrário do que ocorreu no ano passado”. 

Dúvidas no Tubarão

No Princesa, o grande problemas são as mudanças forçadas. Com as lesões do zagueiro Deurick e do atacante Edinho Canutama, o técnico Zé Marco tem de mexer a estrutura do time que vem de boa vitória sobre o Rio Negro na última rodada.

Quem pode aproveitar a chance é o veloz Júnior Lacraia, que mesmo retornando de séria contusão marcou um dos gols no triunfo sobre o Galo. A dúvida de Zé Marco é se entra logo de cara contra o Fast com Lacraia ou usa o experiente Têty.

“O Lacraia entrou estava com 12 minutos de jogo contra o Rio Negro e suportou o jogo todo. Mas na verdade estou estudando entre ele e o Têty pra ver qual será a melhor situação”, despistou o treinador apontando outra dúvida para o duelo com o Tricolor. “Na zagam estão bringando o Ítalo e o Pastor. Isso eu só vou decidir na preleção antes do jogo na Arena”, completou.

Com 7 pontos em quatro jogo, o Princesa pode acabar a 5ª rodada na liderança do Barezão. Basta vencer o Fast na preliminar de São Raimundo e Nacional e depois “secar” o Leão contra o Mundico, ultrapassando assim Naça e Rolo Compressor de uma só vez, alcançando os 10 pontos.

Publicidade
Publicidade