Publicidade
Esportes
As audaciosas

Iranduba enfrenta Audax-SP fora de casa de olho na liderança isolada do Brasileirão

Guerreiras do Hulk viajam até Osasco, no interior paulista para encarar o clube atual campeão da Copa do Brasil e filial do Corinthians 26/03/2017 às 05:00
Show koie
O técnico Sérgio Duarte passa suas últimas instruções antes de pegar o Audax-SP (Foto: Antônio Lima)
Denir Simplício Manaus (AM)

Líder do Grupo 1 do Brasileirão Feminino (ao lado do Corinthians), as meninas do Iranduba entram em campo às 15h (hora Manaus) deste domingo (26), contra o Audax-SP tentando engatar a terceira vitória consecutiva na competição.

O duelo das Guerreiras do Hulk contra o time de Osasco, no interior de São Paulo, acontece no estádio José Liberatti, onde o time paulista ainda não venceu na competição. No único jogo disputado na casa das osasquenses, contra o Sport-PE, deu empate em 1 a 1. 

Por outro lado, a equipe do treinador Maurício Salgado se superou fora de casa ao vencer o Vitória-BA, por 3 a 2, de virada. Mesmo atuando  com uma jogadora a menos desde a expulsão da goleira Vivi, o Audax venceu o time baiano na última rodada e está na terceira colocação do campeonato, uma posição abaixo do Iranduba.

Versatilidade de Sinara

Atuando improvisada na lateral-esquerda desde a lesão de Gisele Teles, a volante Sinara Vieira, 19, vem se destacando na posição com sua versatilidade.

“Ano passado,  entrei em algumas partidas do Peladão como lateral. Este ano, desde o início o Sérgio (Duarte) vinha me testando, às vezes de volante outras  na lateral mesmo. Quando a Gisele se machucou  em Santa Catarina (contra o Kindermann) ele me colocou e depois desse jogo venho treinando na lateral”, explicou a jogadora afirmando que o Hulk vai jogar da mesma maneira que vem atuando dentro de casa.

“Vamos fazer o nosso jogo. A forma  de jogar é uma só tanto quando estamos jogando fora ou em casa. Sempre buscando fazer uma boa partida para sair com os três pontos”, pontuou a jogadora catarinense.

Filial do Timão

Campeão da Copa do Brasil de 2016, o Audax-SP mantém parceria com o Corinthians, hoje líder do grupo do Iranduba no Brasileirão. No início desta temporada, as diretorias corintiana e osasquense decidiram colocar duas equipes na competição nacional. 

Como o regulamento prevê vaga ao Timão (pelo critério de que times  do Brasileirão masculino tenham direito a vagas na competição feminina), o Audax está disputando  o Brasileirão com nova parceria, Audax/Unip. No entanto, o time campeão da Copa do Brasil, assim como sua comissão técnica permaneceu no Corinthians.

Mesmo assim o Osasco/Unip-SP continua sendo uma das potências do futebol feminino no Brasil e promete dar trabalho às meninas do Iranduba.
 

Publicidade
Publicidade