Quarta-feira, 20 de Novembro de 2019
Craque

Suíça sugere que investigação sobre Fifa pode levar cinco anos

procurador-geral da SuíçaMichael Lauberdisse no mês passado que a investigação, que começou em março, ainda não havia chegado à metade do caminho.



1.jpg Após abertura de investigação criminal contra o presidente da Fifa, Sepp Blatter, o comitê de ética da Fifa decidiu suspendê-lo.
18/10/2015 às 10:27

O procurador-geral da Suíça sugeriu que a investigação sobre a suposta corrupção na Fifa pode levar cinco anos. "Realisticamente, em todas as grandes investigações, mais de cinco anos é ruim", Michael Lauber, disse à rádio SRF, em uma entrevista transmitida no sábado.

"Sempre depende de como as partes das investigações trabalham com o procurador-geral". Lauber disse no mês passado que a investigação, que começou em março, ainda não havia chegado à metade do caminho.

A escolha das sedes para a Copa do Mundo em 2018 e 2022, na Rússia e no Qatar, também é um dos assuntos que seu escritório está investigando. Ele também abriu uma investigação criminal sobre o presidente da Fifa, Sepp Blatter, um movimento que levou o comitê de ética da Fifa suspendê-lo.

Lauber disse à SRF que a cooperação da Fifa com seu escritório tinha sido boa, mas poderia ser ainda melhor.




Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.