Publicidade
Esportes
COLINA

Sul América e Manaus estreiam reforços no segundo turno do Barezão

Clubes iniciam returno com novidades nos elencos e vêm confiantes para evoluírem na competição 13/03/2019 às 10:30 - Atualizado em 13/03/2019 às 10:30
Show manaus fc c9d33099 3ce8 47b8 8670 a2521e58787b
Foto: Michell Mello/A crítica
Jéssica Santos Manaus (AM)

Com novos reforços, Sul América e Manaus irão medir forças nesta quarta-feira (13), às 20h, no estádio Ismael Benigno, a Colina, em Manaus, pela primeira rodada do segundo turno do Campeonato Amazonense de Futebol 2019, o Barezão. No primeiro turno, o Gavião do Norte ficou na 5ª posição, classificou-se para a segunda fase, mas não chegou às semifinais; já o Trem da Colina teve somente uma vitória e um empate no primeiro turno, terminando na última posição.

Para o segundo turno, o Manaus incluiu, na última segunda (11), o atacante Sávio, natural de Juiz de Fora-MG, que terá sua primeira experiência num time do Norte, e o Gavião anunciou ontem (12), o retorno do volante Panda para o restante da temporada. O jogador foi importante para o time no bicampeonato de 2018, e estava no Crac- GO. Além deles, os defensores Clayton Robson, natural do Paraná, e Huelton Tubarão, do Pará e com passagens pelo Manaus, chegam ao clube.

O técnico do Manaus, Welington Fajardo, destacou a importância dos reforços, e está confiante para o segundo turno. “Foram reforços pontuais, nas posições que vimos que precisávamos, pois, apesar de termos um plantel de qualidade,  são reforços que vão ajudar ainda mais, para o caso de lesões, cartões, então, é um grupo que ficou ainda mais fortalecido”, disse. 

Sobre a partida, ele destacou o fato de que a partida será difícil, já que o Sul América precisa se recuperar no segundo turno. “Espero um jogo muito difícil. O time do Sul América vem de um grande jogo contra o Penarol, e a gente sabe o quanto é difícil vencer equipes que se encontram na situação que o Sul América se encontram, na zona do rebaixamento, e respeitamos a equipe. É um momento difícil para eles, e se torna um jogo mais difícil para nós, mas temos uma equipe muito aguerrida, e temos que ter confiança no trabalho que está sendo feito, e esperamos uma boa vitória”, disse.

No Sulão, o volante Dunga (ex-Nacional), o meia Neto (ex-Tarumã) e o centroavante Rafael Rennardy, que em 2017 teve a oportunidade de treinar com a Seleção brasileira em Manaus, chegam para ajudar o time, que agora é comandado por Fernando Lage, a sair da lanterna  do Barezão. 

Segundo  Lage, os reforços vieram em ótima hora. “Os reforços vieram para suprir algumas necessidades do time, até por conta do empréstimo do Romarinho ao Manaus, e eles poderão jogar (hoje) por conta das ausências do Renan por doença e do Ramon por acumulação de cartões. Estamos otimistas, mas sabemos das dificuldades, o Manaus reforçou bem, mas nosso time sempre bem postado tem dado dificuldades aos adversários, prevejo bom jogo”, disse.

Publicidade
Publicidade