Publicidade
Esportes
DISPUTA

Talentos amazonenses entram em ação no Brasileiro de Karatê, em Manaus

Campeonato brasileiro de karatê reunirá, neste fim de semana, principais nomes do Brasil na modalidade 13/07/2017 às 14:30
Show karat
Whitney e Nathália já integraram a Seleção Brasileira ano passado, e agora vêem no Campeonato brasileiro a oportunidade para alcançarem novos feitos. (Foto: Márcio Silva)
Jéssica Santos Manaus (AM)

Velocidade, técnica, estratégia e controle são algumas das qualidades que um lutador de karatê deve possuir, e Whitney Paloma e Nathália Faria estão dispostas a mostrar que possuem todas elas, para alcançarem a vitória no Campeonato Brasileiro de Karatê – etapa Amazonas, que vai acontece a partir desta sexta até domingo, 14 a 16 de julho, na Arena Amadeu Teixeira, Zona Centro-Oeste, das 8h às 19h. 

A competição em Manaus é chamada de Seletiva Nacional, pois os três primeiros colocados estarão classificados para participar da etapa final do Campeonato Brasileiro, em outubro, na cidade de Salvador (BA). Além disso, a competição também é seletiva para o Pan-Americano da modalidade, englobando as categorias Sub-14, Cadete, Júnior e Sub-21, e acontecerá no final de agosto, na Argentina. Com isso, cerca de 600 atletas de todo o País tentarão as vagas para esses campeonatos, em Manaus.

Será a primeira vez que o campeonato nacional vai acontecer na cidade, e as atletas amazonenses estão ansiosas para encararem os principais nomes do karatê, em Manaus. Whitney, 21, almeja chegar à etapa final do Brasileiro. “Treinei forte sabendo que minha categoria vem recheada de atletas de ponta, e pretendo estar no lugar mais alto do pódio!”, afirma Whitney, confiante.

“A minha preparação foi intensa, tendo em vista que muita gente que não se classificou nos outros Brasileiros Zonais vem a Manaus para tentar a vaga para a fase final, em Salvador”, afirma Whitney, que no ano passado representou a Seleção Brasileira Sub-21 de karatê e, este ano, por pouco, não entrou na Seleção Sênior, ao perder a luta na final da seletiva.

Nathália Faria, 13, também representou a Seleção no Sul-Americano, ano passado, em Cartagena e, este ano, aposta tudo no Campeonato Brasileiro em Manaus, para que possa novamente vestir a camisa verde e amarela, desta vez, no Pan-Americano de Buenos Aires.

“Eu já integrei a Seleção, no ano passado, e quando você faz parte de tudo aquilo, sabe como é a sensação e a emoção tão boa de ter chegado até lá, isso dá mais foco e força de vontade para sentir aquilo tudo novamente”, ressalta Nathália. 

Com muita garra, ela afirma que se dedicou bastante para chegar afiada no dia da competição. “O nível técnico será alto no evento, então nossos treinos foram mais pesados e intensos. Treinamos todos os dias, com exceção do domingo”, disse Nathália.  Mas ela afirma que mesmo com dificuldades, não dá um passo fora do seu objetivo. “Sempre viso alcançar meus objetivos. Representar bem o Amazonas, orgulhar meus pais, compensar meu esforço e o empenho deles por mim”, conclui a carateca.

Fera do karatê garantida

Enquanto atletas de 21 estados estarão em Manaus na saga pela classificação para o Campeonato Brasileiro e Pan-Americano, um rapazinho amazonense vai participar do evento já classificado para o Pan da Argentina. Ryan Christian garantiu sua vaga na Seleção após seu grande resultado no Sul-Americano de Cadetes, em Santa Cruz de La Sierra, na Argentina, no dia 29 de junho, quando conquistou o bronze. 

Ryan treina na academia ‘Fênix de Karatê’, no município de Borba (localizado a 151 quilômetros de Manaus). O carateca treina com as senseis Rosely Pantoja e Alcileia Costa. 

Para chegar à medalha, Ryan venceu um atleta da casa na primeira rodada; na segunda, ele acabou perdendo para um atleta do Peru, e foi para a disputa do bronze com um atleta da Argentina, que resultou na vitória do amazonense. 

Ryan foi o primeiro atleta do Amazonas a conseguir uma medalha no campeonato. “Sempre treinei muito, me dediquei, levei o karatê a sério. Conquistei o terceiro lugar na Bolívia e foi muito bom. Vou continuar treinando muito para atender as expectativas da equipe e ter uma boa colocação nas próximas competições”, disse Ryan. 

Publicidade
Publicidade