Terça-feira, 25 de Junho de 2019
FUTEBOL FEMININO

Tarumã fecha parceria com projeto de Rio Preto da Eva para time de futebol feminino

Clube aposta em parceria que garimpa talentos no interior do Amazonas para montar equipe pensando no Campeonato Amazonense Sub-17



74236892-1007-42bf-a6f9-f9370ba102f2_D9D4558D-374A-4B1A-8966-55066D072216.jpg Projeto Social Estrela do Futuro de Rio Preto da Eva inclui desde iniciação esportiva no futsal até o futebol. (Foto: Divulgação)
07/04/2019 às 06:00

Competição nova no futebol local, o Campeonato Amazonense Sub-17 de Futebol Feminino promete impulsionar as categorias de base da modalidade no Estado. Além do Iranduba, um dos principais clubes de futebol feminino do País, o torneio tem o Instituto Criarte confirmado e um surpreendente Tarumã, que vai participar da disputa com o elenco de um time de Rio Preto da Eva.

A participação do Lobo do Norte vai acontecer por meio do Projeto Estrela do Futuro. O convite aconteceu após o coordenador do projeto, Iran Palheta, participar de um curso promovido pela Associação Brasileira de Treinadores de Futebol, onde teve contato com os dirigentes do Tarumã.

“Foi quando eu recebi o convite, o presidente, meu amigo Maquiné (Ademir Maquiné, presidente do Tarumã), já vinha sondando essa parceria para a gente comandar a equipe do Tarumã e esse ano a gente concretizou essa parceria. Estamos assumindo a categoria feminina, por enquanto das categorias sub-17 e sub-19, e tenho fé em Deus que a parceria vai se fortalecer cada vez mais”, explicou Iran.

A montagem do elenco está bem adiantada, mas a busca por talentos segue firme. “Estamos terminando de montar o nosso elenco. Não temos atletas só da nossa cidade, do Centro de Rio Preto da Eva, da área urbana. Nós também estamos fazendo uma seletiva na área rural, onde temos muitas atletas que jogam muita bola e precisam ter essa oportunidade para nós trabalharmos. São joias que precisamos lapidar”, completou Iran Palheta, técnico do Tarumã, na inédita participação no Amazonense Feminino Sub-17, que aguarda a definição do número de participantes para ter o calendário definido. 

O projeto social conta com mais de 180 atletas, de seis a 20 anos de idade, entre meninos e meninas, e se prepara para dar um importante passo tanto para a cidade de Rio Preto da Eva, quanto para o Tarumã. “A expectativa é muito grande, estamos todos ansiosos. Tanto as atletas como nós, treinadores, e a equipe técnica. A cidade também. A cidade de Rio Preto da Eva é muito hospitaleira, gosta muito de esportes e vivemos muito o esporte. Os moradores vão receber muito bem os visitantes e vão torcer muito para as nossas crianças, nossas meninas. Nós temos um incentivo muito grande dos pais principalmente”, concluiu Iran.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.